Cras atende em nova estrutura no Lageado Baixo

O Cras é a porta de entrada das famílias para a inclusão social

Cras atende em nova estrutura no Lageado Baixo

O Cras é a porta de entrada das famílias para a inclusão social

A estrutura do Centro de Referência e Assistência Social (Cras) de Guabiruba mudou do bairro Guabiruba Sul para o Lageado Baixo. Alguns ajustes na área de telecomunicações, como telefone e internet, e acabamentos estão sendo finalizados, mas os cinco profissionais já atendem o público na sede própria do Cras.

A construção possui 169 metros quadrados e é composta por recepção, sala multiuso, espaço da coordenação e administração, sala de atendimento familiar, cozinha, almoxarifado, quatro banheiros (sendo dois para portadores de necessidades físicas), área de serviço e um espaço externo coberto.

O Cras é a porta de entrada das famílias para a inclusão social. Por isso, são locais de acesso a serviços como Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada (BPC – para idosos e pessoas com deficiência) e benefícios eventuais (auxílios natalidade, funeral e calamidade pública). Desde o início do mês os funcionários realizam palestras com o público-alvo do Centro e avisam sobre a mudança de endereço.

Conforme a secretária de Assistência Social, Habitação e Emprego, Neide Luzeti Hort, a transferência para o novo local ocorreu antes da inauguração, visto que a pasta necessitava desocupar o espaço alugado no bairro Guabiruba Sul.

“Já encaminhamos ofício para a Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho e Habitação solicitando uma data na agenda para que a obra seja inaugurada”, destaca. “Ainda estamos organizando alguns detalhes, mas o público já deve nos procurar no novo espaço”, completa.

A construção feita pelo governo do estado soma aproximadamente R$ 400 mil, sendo que o município disponibilizou o terreno e a infraestrutura necessária para que o local pudesse receber a obra. A previsão inicial de entrega do Cras era 2014, fato que não ocorreu em virtude de divergências com a empresa executadora.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio