Curso de Administração da Unifebe completa 30 anos

Ao longo das três décadas, o curso formou 1.290 alunos; primeira turma será homenageada nesta sexta-feira, 9

Curso de Administração da Unifebe completa 30 anos

Ao longo das três décadas, o curso formou 1.290 alunos; primeira turma será homenageada nesta sexta-feira, 9

Quase 15 anos após a sua inauguração, a Fundação Educacional de Brusque (Febe) decidiu lançar novos cursos para oferecer aos moradores da cidade. Entre eles, o de Administração. Naquela época, 1986, mais de 40 pessoas se inscreveram e, comemoram neste ano, os 30 anos de criação do curso.

Um dos acadêmicos daquela turma, Gelson David Alves Lopes, de 64 anos, lembra que a iniciativa de implantar o curso na Febe foi, principalmente, do padre Nestor Eckert. Com o aval do reitor da época, padre Pedro Canísio Rauber, a entidade fez um convênio com a Universidade Regional de Blumenau (Furb).

“A cidade começava a se despertar para um crescimento. Em 1986, havia em torno de 45 mil habitantes e havia apenas dois edifícios em Brusque. Se falava que Brusque cresceria e as pequenas indústrias têxteis começavam a surgir e também se falava alguma coisa em confecção. Havia a necessidade de gente para administrar negócios e isso foi a grande motivação para abrir o curso”, conta o ex-aluno.

O jornal O Município de agosto de 1991 divulgou a formatura da primeira turma do curso de Administração
O jornal O Município de agosto de 1991 divulgou a formatura da primeira turma do curso de Administração

Natural de Pelotas, no Rio Grande do Sul, Lopes tinha acabado de chegar no município para trabalhar na supervisão industrial da Souza Cruz. Antes, atuava em função similar na Sadia, no Mato Grosso.

“Cheguei em Brusque em 1986 e já havia propaganda de que a Febe estava tentando trazer o curso de Administração. Eu fui acompanhando e me inscrevi. Foi feito uma espécie de vestibular para avaliar os candidatos no mesmo ano. E iniciamos o curso em 1987”, conta.

De lá até aqui, o curso formou 1.290 administradores. Ao todo, foram 69 turmas ao longo dos 30 anos. Para Lopes, dispor de um curso de Administração é fundamental para a cidade, sobretudo porque sem ela as empresas não sobrevivem por muito tempo.

Em relação à primeira turma do curso, o ex-aluno lembra que a maioria dos acadêmicos tinha mais de 30 anos e já atuava na área. O grupo, garante ele, era tão unido que decidiu esperar os colegas que ainda precisavam completar algumas disciplinas.

“Nós nos formamos em 2 de agosto de 1991. Poderíamos ter promovido a formatura no final de 90. Só que tinha um pessoal que ainda estava devendo algumas matérias, então decidimos esperar para formar todo mundo, porque seria algo marcante ser da primeira turma”, diz.

Homenagem

Para celebrar a primeira turma de egressos do Centro Universitário de Brusque (Unifebe), a entidade homenageará, nesta sexta-feira, 9, os cerca de 40 alunos. A comemoração encerrará a 19ª Semana Acadêmica do curso, que iniciou na segunda-feira, 5, e contou com diversas atividades como oficinas e uma exponegócio.

Também egresso daquela turma, o empresário Carlos Cesar Foppa, de 57 anos, comparecerá à homenagem. Ele trabalhou durante cerca de 40 anos na Zen e, agora, dirige uma empresa própria ao lado do filho. Para Foppa, a criação do curso foi primordial para Brusque.

“Eu comecei na turma no terceiro ou quarto semestre. Vim transferido da Furb. Para mim foi muito bom, porque todo dia tinha que me deslocar de Brusque até Blumenau. E a cidade estava esperando tanto um curso de Administração que praticamente todo mundo que iniciou o curso terminou naquela época”, diz.

Hoje

Atualmente, o curso de Administração da Unifebe tem cerca de 300 alunos divididos em oito turmas. Segundo o coordenador Sidnei Gripa, é um dos maiores cursos da instituição. E há média de 44 professores, com 80% do quadro composto por mestres e doutores.

“Pra mim é um momento especial, até porque sou egresso da turma de 2005”, afirma Gripa. “É um dos cursos mais antigos da instituição e um curso com bastante credibilidade, vários egressos são empresários e empreendedores. Há proprietários e diretores de grandes empresas da cidade”, completa.


Relação de formados da primeira turma,em 02/08/1991 – Convênio Furb/Febe

  • ADEMAR SAPELLI
  • ADILSON MICHEL
  • ALZIMAR JOSÉ DE MACEDO
  • ANIRIO NATAL FUGAZZA
  • CARLOS CESAR FOPPA
  • GELSON DAVID ALVES LOPES
  • GILMAR HEIL
  • HÉLIO FRANCISCO DE MODESTI
  • IVANETE BRUNS
  • JAIR FRANCISCO GARTNER
  • JOSÉ CARLOS AZEVEDO
  • JOSÉ CARLOS ZEN
  • JOSÉ ROBERTO LUSSOLLI
  • LEILA MARIA FACCHINI
  • LILIANE MARIA ARCHER
  • MÁRCIO SEZERINO
  • MARCOS JOSÉ NOLDIN
  • MARIA CRISTINA KLANN
  • MARILDA JOANA VINOTTI
  • MAURINO GRIPA
  • NEDIMAR CORREIA
  • PAULO SÉRGIO MALOSSI
  • REJANE HABITZREUTER
  • RENATO JOSÉ BENVENUTTI
  • RODRIGO PAVESI
  • ROGÉRIO LUSSOLI
  • SALESIO BUSS
  • SÉRGIO MARCHEWSKY
  • SILVANA WALENDOWSKY
  • SILVANIA FERREIRA OLINGER
  • VALDIR NISCH
  • VALÉRIO SCHMITZ
  • VALMIR PAVESI
  • VANDENIR BODENMÜLLER
  • VIVIANE DE OLIVEIRA
  • WANDERLEI BOOS
    Na homenagem de hoje, os egressos entregarão à instituição a placa que contém os nomes deles e que estava no local onde hoje funciona o anfiteatro / Foto: Juliana Eichwald
    Na homenagem de hoje, os egressos entregarão à instituição a placa que contém os nomes deles e que estava no local onde hoje funciona o anfiteatro / Foto: Juliana Eichwald

     


Pedagogia

Também implantado no mesmo período do curso de Administração, o curso de Pedagogia também comemora 30 anos de lançamento. A primeira turma formada pelo curso contou com cerca de 25 pessoas.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio