Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Dalirio Beber e Paulo Bauer votaram favoráveis ao aumento de salário dos ministros do STF

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Dalirio Beber e Paulo Bauer votaram favoráveis ao aumento de salário dos ministros do STF

Raul Sartori

Insensibilidade
Com quase 13 milhões de desempregados no país, os senadores catarinenses Dalirio Beber e Paulo Bauer, ambos do PSDB, votaram sim, na noite de anteontem, ao projeto que aumenta em 16% os já altíssimos (se merecidos é outra discussão) salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), de R$ 33.763 para R$ 39.293, cujo efeito cascata terá um impacto nas contas públicas de R$ 6 bilhões, conforme alguns analistas econômicos. O senador Dário Berger (MDB) estava ausente do plenário na hora da infeliz votação no Senado.

Efeito colateral
Vários deputados estaduais e federais com base eleitoral e atuação no Oeste de SC estão muito preocupados com a determinação do presidente eleito Jair Bolsonaro de mudar a sede da embaixada do Brasil em Israel da capital Tel Aviv, para Jerusalém. Temem a reação dos árabes e que centenas de milhões de toneladas de carne catarinense deixem de ser exportadas, já que se fala em boicote se a decisão for adiante.

Exceção
Motivo de comentário em rodas no calçadão da rua Felipe Schmidt, no centro de Florianópolis, ontem de manhã, foi a escolha do professor Luiz Felipe Ferreira, do Departamento de Ciências Contábeis da UFSC, para comandar o grupo de transição do governo estadual atual para o futuro. É que na cabeça de muitas pessoas há a imagem de que todos os docentes da instituição são da esquerda. Todos é um exagero, mas pode-se dizer que a maioria é.

Veja também:
Brusque despenca 37 posições em ranking de melhores cidades para fazer negócios

Oratório e gruta de Azambuja completam 90 anos de fé e devoção 

Zen está entre as 150 melhores empresas do Brasil para trabalhar

Lado a lado
Menos angústia para o governador eleito de SC, Carlos Moisés da Silva, que tentava, há dias, sem resultado, um encontro com Jair Bolsonaro. O presidente eleito agendou um encontro com os 27 governadores eleitos e reeleitos para a próxima quarta-feira, em Brasília. O economista Paulo Guedes estará presente.

Veto
A Prefeitura de Capivari de Baixo informa que o prefeito Nivaldo Sousa vai vetar, se for aprovado em segunda votação, o imoral projeto da Câmara de Vereadores que eleva para 7% (o máximo permitido, de acordo com a população local) o repasse (duodécimo) do Executivo para manutenção e funcionamento do Legislativo.

Mulher-Cidadã
A Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher da Câmara dos Deputados escolheu anteontem as cinco agraciadas com o Diploma Mulher-Cidadã Carlota Pereira de Queirós de 2018. Entre elas estão a vereadora carioca assassinada Marielle Franco e Ana Cristina Ferro Blasi, ex-juíza do Tribunal Regional Eleitoral de SC e responsável pela campanha “Mulheres na política, elas podem, o Brasil precisa”. A premiação contempla mulheres que, no País, tenham contribuído para o pleno exercício da cidadania, na defesa dos direitos da mulher e em questões do gênero.

Desencanto
A verdadeira paixão (quando não compaixão) dos torcedores em relação à Chapecoense depois da tragédia na Colômbia começa a esvair-se com a briga explicita de seus cartolas pelo comando do clube, com direito a denúncias diversas e baixarias.

Fica-não-fica
Integrantes do grupo de transição do governador eleito Carlos Moisés da Silva já começam a ser assediados, com pedidos de cargos, de forma direta e indireta. A segunda estratégia é adotada por alguns membros do atual governo, que gostariam de permanecer. A resposta que recebem é “vamos ver”. Todos sabem que o critério de escolha é técnico, não mais político. E competência, lógico. A conferir.

Veja também:
Moradora de Brusque cria iniciativa de monitoramento de crimes contra animais

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Com novidades, montagem da Vila de Natal de Blumenau entra na reta final

Molecagem
De assinar embaixo manifestação do blogueiro Cláudio Humberto: “A decisão de senadores enrolados na Justiça de aprovar o aumento bilionário do Judiciário foi uma molecagem contra as contas públicas: o País quebrado gastará até R$6,5 bilhões com isso só no primeiro ano”.

Traição
O contribuinte catarinense que cumpre com seus deveres novamente faz o papel de otário. Duas medidas provisórias do governo estadual criam um novo programa de recuperação fiscal (Refis) relacionados a impostos sobre herança (ITCMD) e ICMS. Se cumprissem o que manda a lei, o caixa do Estado não teria que abrir mão de R$ 170 milhões, que é o custo do benefício. Sim, é um insulto ao bom pagador.

Oficina
Quem bancou com R$ 340 mil a realização do 36º Congresso Internacional de Missões dos Gideões Missionários da Última Hora, conhecido popularmente como Congresso dos Gideões, foi a prefeitura de Camboriú, e não Balneário Camboriú, como erroneamente divulgado.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio