Conteúdo exclusivo para assinantes

De carro, casal de Brusque percorre 10 mil km até a Terra do Fogo, na Argentina

Viagem teve como destino Ushuaia, em uma das províncias mais ao sul do continente americano

De carro, casal de Brusque percorre 10 mil km até a Terra do Fogo, na Argentina

Viagem teve como destino Ushuaia, em uma das províncias mais ao sul do continente americano

O amor pelas quatro rodas e de dois jovens brusquenses resultou em uma viagem de de mais de 10 mil quilômetros até a cidade de Ushuaia, na província da Terra do Fogo, Argentina. Este foi o destino de Matheus Vechini, 22, e Márcia Elisa Dada, 22. Programado desde o início do ano, o projeto era tido como um sonho por Vechini. A saída ocorreu no dia 22 de dezembro.

Inspirados por amigos que haviam feito o trajeto, o sócio do Brusque Jeep Clube e a namorada decidiram encarar 13 dias de estrada em direção à localidade descrita como “o fim do mundo”. Para chegar lá, percorreram trechos do Brasil, Argentina e do Chile. Durante o percurso, eles aproveitaram para conhecer outros pontos turísticos, como o Zoológico de Luján, em Buenos Aires, onde passaram o Natal.

Até a viagem, haviam feito incursões locais para períodos de acampamentos. Para Vechini, a realização de percorrer o trajeto em um 4×4 ficará na memória. “Tão longe assim foi a primeira vez. Ir até o fim do mundo foi uma experiência maravilhosa, vimos paisagens de tirar o fôlego, nos divertimos e aprendemos muito durante a viagem. Vivemos momentos que jamais esperávamos passar.”

Na bagagem, além das roupas para suportar as temperaturas próximas a zero e o novo ambiente, os jovens se equiparam com uma mini geladeira, barraca de teto, além de utensílios e mantimentos.

O objetivo era ter autonomia para preparar a comida à beira da estrada. Com a estrada sem iluminação e longos trechos de retas sem postos de gasolina, era comum eles levarem combustível de reserva. Não raro, lembra, nos estabelecimentos locais o produto estava em falta.

Neve e leões marinhos
A instabilidade do clima também exigiu atenção do casal. Mudanças rápidas das condições climáticas e ventos com rajadas de até 76 quilômetros por hora foram comuns durante o percurso. Pela localização de Ushuaia, os períodos de exposição solar são bastante diferentes das encontradas pelo casal no Brasil. “Anoitecia sempre perto das 23h e amanhecia às 4h45min, ficávamos totalmente perdidos”

Já em Ushuaia, eles encararam uma subida de mil metros acima do nível do mar para apreciar a vista do Glaciar Martial – geleria artificial. Períodos de neve coroaram a jornada. Durante um passeio de catamarã, uma embarcação típica do local, pelo Canal de Beagle, e também puderam avistar leões marinhos e o Farol do Fim do Mundo, tido como um dos principais cartões postais da província.

Após a experiência, eles já planejam uma nova aventura semelhante para logo. O roteiro ainda está sendo montado, mas o destino mais provável para o casal é a Bolívia. “Se você tem vontade de fazer uma expedição dessas, entra no carro e vai, não deixa para amanhã o que você pode fazer hoje, a vida é uma só”, resume.

Sobre Ushuaia
Capital da Terra do Fogo, Ushuaia é uma cidade conhecida por suas belezas naturais, história, como no Parque Nacional da Terra do Fogo e por se intitular a cidade mais ao sul do planeta. Na região, as temperaturas ficam entre zero e 10 graus durante praticamente todo o ano. Para os amantes de esportes no gelo, a cidade possui estações de esqui em funcionamento entre os fins de junho e setembro.

Do Glaciar Martial é possível ver, não só a cidade, como o Canal Beagle e parte da Cordilheira dos Andes. A fauna também é um atrativo de visitantes. Por lá é possível encontrar de pinguins a leões e lobos marinhos.

Confira galeria de fotos da viagem:

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio