Decreto autoriza cobrança de Bandeira 2, em táxis, em horário comercial durante dezembro

Até 31 de dezembro, bandeirada de R$ 4,94 será cobrada das 6h às 20h

Decreto autoriza cobrança de Bandeira 2, em táxis, em horário comercial durante dezembro

Até 31 de dezembro, bandeirada de R$ 4,94 será cobrada das 6h às 20h

A corrida de táxi está mais cara em Brusque desde a última quinta-feira, 1. O aumento é devido ao da Bandeira 2, praticada em dezembro para dar mais rentabilidade aos taxistas no fim de ano e garantir uma espécie de 13º salário, explica o Sindicato dos Taxistas de Brusque.

Até o dia 31, a Bandeira 2 será cobrada em horário comercial, das 6h às 20h. Anteriormente, o valor praticado era apenas das 20h às 6h, nos domingos e feriados. Os passageiros pagam agora a bandeirada de R$ 4,94, além de um acréscimo de 20% no quilômetro rodado – cerca de R$ 1,50 por quilômetro.

A Bandeira 2, autorizada por meio do decreto municipal 7.907/2016 do dia 29 de novembro, é de “suma importância” para o sindicato. O presidente Modesto Bertoldi afirma que em outros municípios, como Blumenau, este aumento já é estabelecido por lei. No entanto, em Brusque, é preciso que os taxistas pleiteiem o decreto. “Não tivemos aumento neste ano, trabalhamos com o mesmo preço de 2015. Por isso, a Bandeira 2 vem ajudar a aumentarmos um pouco da renda no fim de ano”.

Bertoldi diz ainda que o valor é insignificante. Segundo ele, a diferença é que a Bandeira 2 acaba sendo praticada no horário comercial. “Não muda muita coisa, apenas o que já era cobrado à noite, nos domingos e feriados, passa a ser efetuado durante o mês de dezembro. É um bônus para a nossa classe”.

Atualmente Brusque conta com uma frota de 68 táxis e 110 profissionais entre motoristas e permissionários.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio