Defesa Civil apresenta cota de enchente das ruas de Brusque

A população já pode saber a cota de enchente de sua rua e com quantos metros de elevação do rio sua casa poderá ser atingida

Defesa Civil apresenta cota de enchente das ruas de Brusque

A população já pode saber a cota de enchente de sua rua e com quantos metros de elevação do rio sua casa poderá ser atingida

A partir desta quarta-feira, 22,  a população de Brusque poderá acessar a cota de enchente de sua rua e saber exatamente com quantos metros de elevação do rio sua casa poderá ser atingida pela água. Os dados estão já disponíveis no site da Defesa Civil.
Na tarde desta quarta-feira, o Centro de Operação do Sistema de Alerta da Bacia Hidrográfica do Rio Itajaí-Açu, órgão ligado à Universidade Regional de Blumenau – Furb, fez a apresentação da carta e cotas enchente de Brusque.Durante os trabalhos de campo foram levantados mais de 1.900 pontos onde foram estabelecidas as cotas de cheia, ou seja, com quantos metros de elevação do rio a água poderá atingir o local. Além disso, baseado na enchente de 2011, quando o rio chegou a 10,03 metros, foi feita a carta enchente, como explicou o professor Ademar Cordero: “Com esses dados fomos a campo, vimos as marcas da enchente, entrevistamos moradores e podemos estabelecer e simular a mancha de enchente de sete a 15 metros”.

O prefeito Paulo Eccel destacou que com as cotas de enchente toda a população será beneficiada. “Temos o radar meteorológico que antecipa a quantidade de chuva, a telemetria, em que o cidadão pode ver em tempo real em quantos metros está o rio e agora as cotas que complementam. Em um possível evento climático, que esperamos que demore a acontecer, todos estarão bem informados”.
O diretor da Defesa Civil, Evandro Melo do Amaral, enfatizou que as cotas são de extrema importância para o município. “Vai ajudar a população, mas também o planejamento da cidade, o empreendedor, que saberá onde e como construir, e vai auxiliar o trabalho da Defesa Civil”.
Evandro ressalta que os próximos passos serão o desenvolvimento de um aplicativo simulador para enchentes de sete até 15 metros e a disponibilização por meio do site da Defesa Civil do Plano Individual de Ação. “Este é um plano para a família, que vai preencher com a cota de sua rua, quando sair de casa, por onde sair, para onde ir, os telefones de contato. Essa prevenção dará autonomia para a população que poderá se autoproteger”.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio