Defesa Civil de Brusque mantém alerta, mas situação está controlada

Nenhuma ocorrência foi registrada até manhã deste sábado, 21 de setembro, mas alerta continua

Defesa Civil de Brusque mantém alerta, mas situação está controlada

Nenhuma ocorrência foi registrada até manhã deste sábado, 21 de setembro, mas alerta continua

Na manhã deste sábado, 21 de setembro, a Defesa Civil de Brusque (DC), divulgou as ações que realizou nas últimas 72 horas. Até o momento, nenhuma família precisou ser retirada de sua residência ou utilizar o abrigo, na Arena Brusque. De acordo com informações da DC, o rio Itajaí-Mirim está com vazão boa e seu nível tem diminuído.

Veja também

O diretor geral da Defesa Civil, sargento Evandro Amaral, afirma que o momento é de alerta e a quantidade de chuva que caiu até o momento está abaixo do que apontavam as previsões. Mas, ele não descarta uma enchente mesmo que de pequeno porte, caso o nível do rio Itajaí-Mirim fique acima de 7 metros. Amaral informou que estão trabalhando com as piores possibilidades para estarem preparados, por isso, a situação é de alerta máximo. 

– A nossa análise é tendência de queda nos índices de precipitação das chuvas, as nuvens que estão sob Santa Catarina pode se movimentar, mas iremos continuar em estado de alerta – explica o sargento.

As ações estão sendo realizadas em conjunto com a DC e o Grupo de Ações Coordenadas (GRAC), composto por diversas entidades e voluntários para apoiar os trabalhos da DC. 

Em relação ao trânsito, somente trechos das avenidas Beira Rio continuam interditados. De acordo com o secretário de comunicação, Leandro ‘Didi’ Maçaneiro, o único ponto de alagamento detectado foi na Beira Rio. As demais bacias continuam com seu nível dentro da calha. 

Os brusquenses que necessitam de lona, a DC está disponibilizando para conter desmoronamentos e proteção de moradias. Aqueles que necessitam ser retirados das suas residências, devem ligar para o Corpo de Bombeiros, 193. A DC pede que, caso aja desalojados, as pessoas que forem para o abrigo devem levar roupas de cama e pessoais para pelo menos 48 horas. 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio