Defesa Civil mantém alerta para ondas gigantes em Santa Catarina e esclarece boatos

Ressaca do mar arrastou bar flutuante de Porto Belo até Itapema, na sexta-feira, 11

Defesa Civil mantém alerta para ondas gigantes em Santa Catarina e esclarece boatos

Ressaca do mar arrastou bar flutuante de Porto Belo até Itapema, na sexta-feira, 11

Um bar flutuante de Porto Belo foi arrastado até Itapema, por cinco quilômetros, após forte ressaca no mar na sexta-feira, 11, em Santa Catarina.

A suspeita é que a estrutura tenha se desprendido por volta da meia-noite na praia do Caixa d’Aço e chegado até Meia Praia por volta das 5h.

O incidente não é um fato isolado. Até domingo, 13, há previsão de ondas gigantes, que podem chegar a 4 metros, de acordo com a Defesa Civil estadual, em função de ciclone no oceano. A navegação, portanto, não é recomendada.

Além disso, o mar recuou, causando maré “seca” na costa catarinense. Ainda de acordo com a Defesa Civil, isso acontece devido aos ventos de nordeste que sopram no litoral do estado. Esses ventos carregam as águas do oceano.

“Como a Terra gira em torno de si mesma, essas águas são desviadas para a esquerda do vento no hemisfério sul, fazendo com que o mar literalmente recue, causando maré seca nas praias, principalmente nos horários de maré astronômica baixa”, informa o órgão, em nota.

Boatos
A Defesa Civil diz que a situação não é anormal e já verificada diversas outras vezes.

O órgão descarta que há possibilidade de destruição em massa ou até mesmo um tsunami, como está circulando nas redes sociais.

Além disso, é necessário atenção aos conteúdos enviados via WhatsApp e Facebook: há fotos e vídeos antigos circulando. Alguns deles, portanto, não correspondem à realidade.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio