Deputado estadual Ciro Marcial Roza participa de sessão na Câmara de Brusque

Na oportunidade ele falou das suas atividades na Alesc e também criticou a atual administração da prefeitura

Deputado estadual Ciro Marcial Roza participa de sessão na Câmara de Brusque

Na oportunidade ele falou das suas atividades na Alesc e também criticou a atual administração da prefeitura

A reunião da Câmara de Vereadores de Brusque desta terça-feira, 26 de junho, contou com a presença do deputado estadual Ciro Marcial Roza. A visita aconteceu após requerimento apresentado pelo vereador Dejair Machado (PSD) em 15 de maio, com aprovação unânime dos legisladores brusquenses.

Pelo tempo regimental, Ciro possuía 20 minutos para discorrer sobre as atividades na Assembléia Legislativa de Santa Catarina e outros assuntos de interesse da comunidade.

O deputado falou das obras de duplicação da rodovia Antônio Heil, pavimentação do trecho da SC 486 entre Botuverá e Vidal Ramos. Também elencou a possibilidade da construção de uma terceira via no trecho entre Brusque e Nova Trento, que passa pela comunidade Claraíba. 

Ciro ainda fez um balanço de ações na educação, como a reforma em andamento da Escola de Educação Básica Feliciano Pires e João XIII. Citou a construção da sede da Rede Feminina de Combate ao Câncer e destacou inúmeras propostas.

– Estou na Alesc levando a preocupação da região de Brusque, muito atento no é que necessário, nas parcerias e projetos – garantiu.

Encerrado tempo para seu pronunciamento, o presidente Celso Carlos Emydio da Silva (PSD) informou que daquele instante em diante os vereadores podiam fazer questionamentos ao deputado.

No entanto, os vereadores de situação Valmir Coelho Ludvig (PT), Ademir Braz de Sousa (PMDB), Vilmar Bunn (PDT) e Edson Rubem Muller – Pipoca (PP) permaneceram em silêncio.

Sendo que apenas Eduardo Hoffmann – Duda (PDT) e Alessandro André Moreira Sima (PR) fizeram questionamentos relacionados ao governo do estado.

Já Dejair Machado (PSD), Jonas Oscar Paegle (PSD) e Roberto Pedro Prudêncio Neto (PSD), procuraram fazer com que Ciro opinasse sobre questões como o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) em Brusque, índices da saúde pública da cidade e também a continuação das obras da Beira Rio e Parque das Esculturas.

O deputado fez uma série considerações, fez comparações com a época que era prefeito e criticou a administração do prefeito Paulo Roberto Eccel. 

– O que vejo hoje é lamentável, dizem que existe uma série de serviços, mas não atendem a população. Isso tudo são ações de marqueteiros – disparou.

Após os questionamentos acontecerem, Ludvig apresentou um documento com assinatura sua, dos vereadores Pipoca, Bunn, Duda, Simas e Ademir, onde os edis mostraram-se indignados com o fato da visita ter acontecido antes do secretário de Obras, Gilmar Vilamoski, que havia confirmado presença na reunião através de documento na sexta-feira, 21 de junho. Atitude que não foi tomada pelo deputado estadual.

Por este motivo, foi alegado por Ludvig, que ele mais Bunn, Ademir e Pipoca não fizeram questionamentos a Ciro.

** Saiba mais sobre a reunião na edição impressa do Jornal Município Dia a Dia, de quinta-feira, 28 de junho.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio