Desafio FS Cicle e Bike na Estrada reúne mais de 200 competidores em Brusque

Evento teve provas de diversas modalidades realizadas ao longo deste domingo, 10

Desafio FS Cicle e Bike na Estrada reúne mais de 200 competidores em Brusque

Evento teve provas de diversas modalidades realizadas ao longo deste domingo, 10

Apaixonados por bike reuniram-se neste domingo, 9, em Brusque, para a quarta edição do Desafio FS Cicle e Bike na Estrada – Encontro das Tribos.

Diversas provas foram realizadas ao longo do dia, envolvendo esportistas de bicicross, mountain bike, duatlo, entre outros, como a handbike – bicicleta para cadeirantes. A saída foi do ponto em frente ao pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof.

O evento começou às 9h com a largada do Mountain Bike; posteriormente, às 9h30, ocorreu a largada do duatlo. Segundo Maurício Tormena, um dos organizadores, essas provas tiveram uma duração média de duas horas.

Tormena destacou o número de competidores desta edição, que totalizou 236 atletas, incluindo de nível nacional, nas modalidades masculina e feminina do duatlo.

Ele também destaca a participação do atleta Juliano Ern, de Rio do Sul, convidado para o evento e que levou o primeiro lugar em duas provas.

O organizador avalia positivamente o evento, mas espera mais participação feminina na próxima edição.

“Foi muito legal, veio gente de muitas cidades diferentes para participar. O que faltou um pouco foi a presença da mulherada aqui de Brusque que pedala, que não quis participar”, diz.

Para ele, a edição deste ano também foi importante para avaliar o que precisa melhorar para as próximas edições. Tormena revela que a marcação da quilometragem com chip é uma das mudanças que devem ocorrer.

Na edição de 2017, o controle de chegada foi feito por meio de fotografia, o que se mostrou mais demorado do que o esperado. “No próximo com certeza vai ter chip, para dar uma qualidade melhor para o evento”, garante.

Durante o evento, houve ainda alguns problemas relacionados ao trânsito na avenida Beira Rio. Desde a manhã, trecho dela estava totalmente interditado, do pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof até a rótula da Apae.

Entretanto, cones foram retirados por volta das 15h40, e carros começaram a circular livremente, no mesmo tempo em que os competidores ainda estava realizando as provas. Organizadores tiveram que se mobilizar às pressas para evitar acidentes.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio