Desapropriação emperra construção da ponte do Rio Branco

Obra apenas poderá iniciar após resolução na justiça do impasse entre prefeitura e morador

Desapropriação emperra construção da ponte do Rio Branco

Obra apenas poderá iniciar após resolução na justiça do impasse entre prefeitura e morador

A Prefeitura de Brusque já recebeu parte do recurso de R$ 3,6 milhões para a construção da ponte do Rio Branco – que liga os bairros Dom Joaquim e Rio Branco. Entretanto, a obra ainda não tem data prevista para início devido a um impasse na desapropriação de um terreno.

De acordo com o secretário de Obras, Miguel Comandolli, a administração municipal realizou orçamento da área que seria desapropriada, porém o proprietário alegou que o terreno valia mais. Por isso, a decisão será via judicial – a ação já está na Procuradoria Geral do município. Além dessa desapropriação, outra também está em processo, porém sem interferência da justiça.

“Assim que der certo na justiça será iniciada a obra. Sabemos que é um processo mais lento. Não vai acontecer de hoje pra amanhã. Mas estamos em cima para acontecer o mais rápido possível. É importante a construção dessa ponte”, afirma Comandolli.

Extensão de 95 metros

A ponte terá extensão de aproximadamente 95 metros e o vão principal terá cerca de 40 metros, com isso, manterá livre a vazão das águas evitando qualquer bloqueio do fluxo no período de cheias. A licitação da obra foi realizada em fevereiro do ano passado e teve como vencedora a empresa Pacopedra, de Gaspar.

Reinvindicação antiga

A construção da ponte é reivindicação antiga da comunidade. Ela garantirá o acesso rápido entre os bairros e melhorará o fluxo de veículos. A nova ligação será construída em substituição à atual ponte de madeira que está localizada nas proximidades da rótula da Lagoa Dourada. Atualmente, o local permite apenas a passagem de pedestres, de motos e de bicicletas.

A obra está orçada em R$ 3,6 milhões. Desse valor, R$ 2,9 milhões já estão garantidos por meio do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam) do governo do estado. O restante é contrapartida da Prefeitura de Brusque.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio