Desfile de Natal – Encanta Brusque é marcado por emoção e criatividade

Evento aconteceu na noite do sábado, 9, no Centro

Desfile de Natal – Encanta Brusque é marcado por emoção e criatividade

Evento aconteceu na noite do sábado, 9, no Centro

O espírito natalino tomou conta da avenida Cônsul Carlos Renaux na noite deste sábado, 9, durante o Desfile de Natal – Encanta Brusque. Centenas de famílias prestigiaram os mais de 20 grupos e aproximadamente 400 pessoas que desfilaram por cerca de uma hora no Centro da cidade.

Nem mesmo o atraso de um pouco mais de meia hora incomodou a população, que aguardava ansiosa pela passagem dos personagens natalinos.

Jéssica Cristina Fugazza Maçaneiro e seu esposo André Maçaneiro, do bairro Primeiro de Maio, tiveram papéis especiais no evento, já que foram os primeiros a desfilar. A missão deles não era nada simples: eles interpretaram Maria e José acompanhados da pequena Valentina, de apenas dois meses, que representou Jesus Cristo. Ao passar pela avenida, eles foram muito aplaudidos.

Para o casal, que é integrante do grupo Emaús e na igreja já tinha interpretado os mesmos personagens, é uma honra representar a família de Nazaré. “É uma bênção, um momento especial que ficará guardado na memória para sempre”, diz Maçaneiro.

Jéssica, por sua vez, afirma que o maior sentido do Natal é o nascimento de Jesus e foi isso que buscaram passar às pessoas: o renascimento do amor no coração de cada um.

Pela primeira vez no desfile de Natal de Brusque, Tobatapéia do Noel chamou atenção do público. Cerca de 40 pessoas integraram a alegoria, que trouxe na tobata um Papai Noel numa chaminé com fumaça e pisca-pisca. Além disso, apresentaram uma manjedoura com Jesus, José e Maria, os reis magos e também Jesus Cristo já adulto.

Marcos Alexandre Fischer, um dos organizadores do grupo, conta que eles já haviam participado de desfiles da Fenarreco e também na semana passada do desfile de Natal de Guabiruba. “Foi um mês de preparação, mas valeu todo o esforço por podermos participar deste momento mágico”, diz.

Quem ainda participou do desfile de Natal foram os cachorrinhos pinscher Suzy e Paçoca, de 12 anos e 4 meses, da estudante de Pedagogia da Uniasselvi/Assevim, Alcione Bruch. A acadêmica resolveu trazer as pets, que juntamente com sua filha Helena, 3, representaram muito bem o espírito natalino.

“São cachorros simpáticos e se comportam bem. Decidi colocar roupinha neles e trazê-los neste momento de maior sensibilidade e reflexão para todas as pessoas”.

Magia do Natal
Desde 2015 o desfile de Natal não era realizado em Brusque. Para o diretor da Secretaria de Turismo, Norberto Maestri, o Kito, trazer oo evento é resgatar a história natalina na cidade. “É um momento mágico, onde tudo foi preparado com carinho para a comunidade. Vemos aqui grupos de famílias, empresários, escolas, associações, instituições. É um recomeço simples, mas com muita alegria e criatividade”, destaca.

O prefeito Jonas Paegle afirma que o desfile trouxe mais felicidade aos brusquenses. “Vemos a alegria estampada no rosto das pessoas. É um momento de cordialidade, integração social, de paz”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio