Despesas com servidores de Brusque têm aumento de 13,63%

Gastos municipais representam 50,86% da receita líquida; os dados englobam a esfera executiva e legislativa de governo

Despesas com servidores de Brusque têm aumento de 13,63%

Gastos municipais representam 50,86% da receita líquida; os dados englobam a esfera executiva e legislativa de governo

Segundo dados do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (TCE-SC), o município de Brusque somou durante o ano de 2016, R$ 169.956.408,47 em gastos com pessoal. Os dados englobam a esfera executiva e legislativa de governo.

O poder executivo teve gastos de R$ 165.064.630,04, uma média mensal de R$ 13.755.385,84. No ano anterior os números ficaram em R$ 145.141.342,62, média de R$ 12.095.111,89 ao mês, o que representa um aumento de 13,73%. O poder legislativo fechou o ano com R$ 4.891.778,43 em despesas com pessoal, um aumento de 10,57% em relação a 2015, quando os custos chegaram a R$ 4.423.911,68.

Ainda de acordo com o site do TCE, a receita líquida no ano de 2016 foi de R$ 324.533.322,85, o que demonstra que as despesas com funcionários do executivo, no montante de R$ 165.064.630,04, representam 50,86% da receita, chegando próximo ao limite prudencial previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal, que é 51,3%.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio