Detento da UPA morre no Hospital Azambuja

Jeceton Vieira dos Santos morreu na manhã de sábado, após passar mal e ser encaminhado ao hospital

Detento da UPA morre no Hospital Azambuja

Jeceton Vieira dos Santos morreu na manhã de sábado, após passar mal e ser encaminhado ao hospital

O detento da Unidade Prisional Avançada (UPA), de Brusque, Jeceton Vieira dos Santos, 33 anos, morreu na manhã de sábado, 20, no Hospital Azambuja. Segundo diagnóstico médico, a morte foi causada por caqueixa, síndrome da imunodeficiência adquirida e hepatite C.

Santos estava preso desde fevereiro e assim que entrou na unidade, recebia medicações por problemas de saúde. Algumas vezes chegou a ser internado e, no sábado, ao passar mal, foi levado para o hospital, e morreu.

Ao ser preso em Brusque, o homem mentiu sua identidade e se passou pelo irmão Márcio José dos Santos, que já estava preso, mas foi desmascarado ao chegar na UPA.

Jeceton foi detido após uma tentativa de latrocínio, quando junto de um adolescente de 15 anos, tentou assaltar uma estamparia na rodovia Ivo Silveira, nas proximidades da empresa Quimisa.

Na época, Jeceton estava foragido do Presídio de Blumenau, quando ganhou uma saída temporária de sete dias e não retornou.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio