Detentos se dizem humilhados na UPA

MDD recebeu carta que será enviada ao Ministério Público com assinatura de 56 reclusos, sendo oito reclamações pontuadas contra atendimento na Unidade Prisional Avançada de Brusque (UPA)

Detentos se dizem humilhados na UPA

MDD recebeu carta que será enviada ao Ministério Público com assinatura de 56 reclusos, sendo oito reclamações pontuadas contra atendimento na Unidade Prisional Avançada de Brusque (UPA)

Na manhã desta terça-feira, 27 de março, o Jornal Município Dia a Dia recebeu uma carta escrita pelos reclusos da Unidade Prisional Avançada de Brusque (UPA). No documento, que recebeu 56 assinaturas, eles descrevem oito problemas no atendimento oferecido no presídio. Citam que são humilhados pelos agentes prisionais e se dizem vítimas de torturas.

O MDD entrou em contato com o Juiz da Vara Criminal, Edemar Leopoldo Schlösser, com o supervisor da UPA, Alex Pieri Albanaes e com a promotora de Justiça da Comarca de Brusque, Suzana Perin Carnaúba.

O Juiz Edemar e a promotora Suzana afirmaram que vão tomar providências sobre as reclamações. Mas afirmaram que até o momento nenhum detento havia apresentado algum apontamento sobre o atendimento na UPA. Inclusive, salientaram que mensalmente visitam o presídio e conversam com os presos. 

– Muito me estranha que eles façam estas reclamações. Acompanho as vistorias mensais que são feitas e nunca houve nenhuma colocação deste gênero – afirma Suzana Perin Carnaúba, promotora de Justiça da Comarca de Brusque.
** Saiba mais detalhes sobre o caso na edição impressa do Jornal Município Dia a Dia desta quarta-feira, 28 de março.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio