Conteúdo exclusivo para assinantes
Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Dezenas de municípios do Oeste e da Serra catarinense perdem habitantes

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Dezenas de municípios do Oeste e da Serra catarinense perdem habitantes

Tranquilo **********FAZER BOXE Exclusivo do assinante A partir desta semana, tem coluna extra de Raul Sartori todos os sábados no portal do jornal. Acesse omunicipio.com.br/raulsartori e confira!

Raul Sartori

Prova do fracasso
Conforme a atualização demográfica do IBGE, divulgada esta semana, dezenas de municípios do Oeste e Serra de SC continuam perdendo população de forma continuada, enquanto que em outros tantos do litoral chegam cada vez mais moradores, originários, em sua maioria, daquelas duas regiões. Há diferentes razões a considerar, mas se prova, mais uma vez, o fracasso da política de “deslitoralização” criada pelo falecido governador Luiz Henrique da Silveira, ao custo de alguns bilhões de reais mal gastos até agora, com as Secretarias de Desenvolvimento Regional (agora agências). Sem dúvida uma boa ideia, mas que desde o início foi desperdiçada, com algumas honrosas exceções, por se transformarem em um cabide de empregos. E continuam assim.

Vem confusão
Dá para imaginar a confusão que logo vem por aí. Na sessão da noite de anteontem, o Congresso Nacional manteve o veto integral à emenda proposta pela bancada de SC que alterava os limites do Parque Nacional de São Joaquim. Assim, vale a palavra do Ibama e Instituto Chico Mendes, que por resolução de 2016 decidiram ampliar seus limites em mais 103 quilômetros. Essa imensa área, envolvendo vários municípios, é ocupada há décadas por agricultores, fruticultores e agropecuaristas e a manutenção do veto afeta também empreendimentos turísticos e de aproveitamento eólico, que aguardam licenciamento ambiental. Agora tudo fica engessado, como os milhões investidos.

Igualdade
Projeto de lei do deputado federal Mauro Mariani (PMDB-SC) iguala os direitos de herança de cônjuges e companheiros dentro do Código Civil. A proposta pretende adequar à lei uma decisão recente do Supremo Tribunal Federal. O projeto de Mariani inclui ainda outra decisão do STF que equipara, para termos de herança, também as uniões estáveis de casais LGBTs.

Roçada
Com tantos outros assuntos muito mais importantes a tratar, eis que a Assembleia Legislativa nomeou uma comissão para investigar um desmatamento em bosque da Casa d’Agronômica, a residência oficial do governador. O que houve foi uma providencial roçada, com corte, a foice, de arbustos e pequenas plantas, o que lhe dá aparência daquilo que se chama bosque.

Tranquilo
Políticos demagogos estão por trás de campanha surda contra o Tribunal Superior Eleitoral e TREs pelo corte de 500 zonas eleitorais das 3.033 existentes no país. Em SC, onde estima-se que 50 zonas serão impactadas pela decisão, com a extinção de 22, o que vai gerar uma economia de R$ 13 milhões, a classe política se calou. Não foi o caso da OAB-SC e Associação Catarinense do Ministério Público, que se manifestaram contrárias. Dizem que a medida vai impor fragilidade estrutural para fiscalização das eleições, facilitando o aumento dos casos de corrupção e fraude eleitoral e contaminando a lisura dos pleitos vindouros. Hum…

Torcida
O Flamengo tem a maior torcida de SC, conforme levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, feito entre 3 e 7 de agosto, com 13,8% da preferência dos catarinenses. Em segundo estão os torcedores do Grêmio (9,7%), Corinthians (7,5%), Internacional (6%), Chapecoense (5,3%), Vasco (4,5%) e Palmeiras (3,9%). Surpresa quanto aos tradicionais clubes do Estado, Figueirense e Avaí, que ficaram, respectivamente, em oitavo e nono lugar: 3,6% e 3,5% da preferência? Não. É a falta de identidade e autoestima de boa parte da população catarinense, que ainda valoriza bem mais o que vem de fora, seja bom ou ruim.

Inimigo íntimo
É o lado médico que faz o deputado Fernando Coruja (PMDB), que é lageano e que integra a base aliada do governador, também lageano, a bater forte em Raimundo Colombo na tribuna do Legislativo. O deputado qualifica como “caótica” a gestão do governo estadual na saúde.

Coreia do Norte
O catarinense Roberto Colin, que entre 2012 e 2016 foi embaixador brasileiro na Coreia do Norte (agora está na Estônia), está sendo muito assediado, tanto pela mídia brasileira como por curiosos. E tem muito o que contar. Do jovem ditador Kim Jong-un, diz que ele não é irracional e muito menos suicida e por isso não acredita que vá acontecer uma guerra. Vencerá a diplomacia. Tomara.

DETALHES
Divulgou-se ontem no Congresso Catarinense de Saneamento 2017, em Florianópolis, que agora SC está em 18º lugar no ranking nacional de coleta e tratamento de esgoto e que pode chegar a 13° ainda este ano devido à uma série de obras que estão sendo entregues ou a inaugurar.

Ouviram-se muitos elogios, ontem, ao senador Dário Berger (PMDB-SC) pela conduta firme, na Comissão Mista de Orçamento do Congresso Nacional, que no fim da noite de quarta-feira aprovou a meta fiscal do governo federal para 2017 e 2018.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio