Dia do Corretor de Imóveis é celebrado com café em Brusque

Anderson Maia palestrou durante o evento

Dia do Corretor de Imóveis é celebrado com café em Brusque

Anderson Maia palestrou durante o evento

Os corretores integrantes do Núcleo de Corretores de Imóveis da Associação Empresarial de Brusque (Acibr) reuniram-se nesta segunda-feira, 28, pela manhã, no Innovare Executive Hotel, para o tradicional café em comemoração ao Dia do Corretor, celebrado oficialmente no dia anterior.

O evento reuniu dezenas de corretores e pessoas do ramo. Durante o encontro, Anderson Maia palestrou sobre a autoconfiança e o poder do pensamento positivo para os negócios.

O coordenador do núcleo da Acibr, Horst Heinig, o Otti, diz que o café da manhã alusivo à data promove a integração entre os profissionais. “O corretor tem que estar cada dia mais aperfeiçoado para atender bem a sua clientela, porque nós lidamos com sonhos das pessoas, então não podemos levar pesadelos para essas pessoas que buscam o primeiro imóvel”, afirma.

O núcleo conta com 12 associados neste momento, mas a intenção é aumentar este número, diz Otti. Na visão dele, é importante a integração entre os corretores da cidade.

“Fazemos questão de vir quando os corretores se reúnem numa atitude bacana, de associativismo. Esse evento valoriza e dignifica a profissão”, diz o presidente do Creci-SC, Carlos José Beims.

Beims falou sobre o avanço de aplicativos durante sua fala no evento. Ele destaca a importância de os corretores aderirem, de uma vez por todas, à tecnologia. Avalia que somente assim os corretores se manterão relevantes no mercado.

O presidente do Creci-SC diz que, apesar dos aplicativos concorrentes, a negociação ainda depende do contato humano e dos contratos. Ou seja, o corretor ainda é uma peça fundamental no mercado imobiliário.

A situação do mercado em Santa Catarina também foi destacada pelo presidente do Creci-SC. Ele diz que o estado vive momentos distintos e, apesar dos maus resultados em geral, há indicativos positivos em algumas cidade, como Blumenau, Itajaí e Florianópolis.

Otti avalia que o mercado tem estado abaixo do esperado, mas aos poucos está melhorando e já há perspectivas de boas vendas no ano que vem. Um dos fatores primordiais para essa recuperação é a oferta de crédito pelos bancos, o que tem aumentado.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio