Dilma empossa quatro ministros e promete mais mudanças em fevereiro

Segundo a presidente, as substituições atendem ao desejo dos ministros

Dilma empossa quatro ministros e promete mais mudanças em fevereiro

Segundo a presidente, as substituições atendem ao desejo dos ministros

Com a posse de quatro novos ministros, a presidenta Dilma Rousseff deu início nesta segunda-feira, 3 de fevereiro, às primeiras mudanças deste ano em seu governo e anunciou que, até o fim do mês, novas trocas irão ocorrer. Segundo ela, as substituições atendem ao desejo dos ministros de se candidatarem nas próximas eleições, em outubro.

“As mudanças nos ministérios são, numa democracia, inevitáveis, principalmente em alguns momentos. Alguns de nossos ministros decidiram buscar nas urnas a oportunidade de assumir novas tarefas executivas”, disse, citando Alexandre Padilha, que deixou a pasta da Saúde, e Gleisi Hofffmann, de saída da Casa Civil, que serão candidatos aos governos de São Paulo e do Paraná, respectivamente.

Além de Padilha e Gleisi, Helena Chagas, ministra da Secretaria da Comunicação Social da Presidência (Secom), também deixa o cargo. Já Aloizio Mercadante sai do Ministério da Educação (MEC) e assume a Casa Civil.

José Henrique Paim, que ocupava a secretaria executiva do MEC, é o novo ministro da Educação.  Arthur Chioro assume o Ministério da Saúde e Thomas Traumann é o novo ministro da Secom.


Agência Brasil





Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio