Diretor busca recursos para documentário sobre os 25 anos do título estadual do Brusque

Após produção sobre o nadador paralímpico Matheus Rheine, Café Preto Filmes aposta no jubileu de prata do Brusque

Diretor busca recursos para documentário sobre os 25 anos do título estadual do Brusque

Após produção sobre o nadador paralímpico Matheus Rheine, Café Preto Filmes aposta no jubileu de prata do Brusque

O dia 13 de dezembro de 1992 foi um marco histórico não só para o Brusque Futebol Clube, mas para a cidade a qual o clube representa. O time quebrou um tabu histórico, conquistou o Campeonato Catarinense com um elenco ainda hoje na memória dos apaixonados por futebol e foi o último a levantar esta taça fora das cinco potências do estado. Neste ano, o título completará 25 anos, e um diretor e produtor busca recursos para imortalizar esta data tão importante ao esporte brusquense transformando-a em um documentário.

Depois de estrelar no universo das grandes produções contando a história do nadador paralímpico brusquense Matheus Rheine com o documentário Do Outro Lado – A Conquista de Matheus Rheine, Sérgio Azevedo segue apostando no trabalho audiovisual como meio de difundir o esporte. A produção sobre Rheine, da sua produtora, a Café Preto Filmes, foi transmitida a nível nacional pelo canal ESPN.

Porém, embora esteja trabalhando já há oito meses em um processo de levantamento de dados para que o documentário sobre o Bruscão saia do papel, as dificuldades são muitas. Azevedo corre contra o tempo para conseguir patrocínio e solicita o apoio de empresas que colaborem com o registro histórico do jubileu de prata do título estadual.

Motivado pelo futebol
Azevedo nasceu dois anos depois do título do Bruscão mas, para ele, é como se estivesse por lá. Apaixonado por futebol, ele explica que as histórias que ouviu sobre aquele 13 de dezembro praticamente o colocaram entre os milhares de torcedores na arquibancada. “Eu não estava lá, e ao mesmo tempo é como se eu estivesse. Meu pai presenciou o título no Augusto Bauer e sempre me contou muitas coisas sobre aquele dia. Além disso é um marco, faz parte da história da minha cidade”, completa.

Desde que começou a estudar e trabalhar com produções audiovisuais, Azevedo já pensava em contar a história do estadual de 1992. As ideias foram engavetadas com o passar do tempo, mas neste ano em que se comemoram os 30 anos da fundação do clube e os 25 anos da conquista, foi o momento de resgatar o projeto. “Vai ser focado no título, mas também contar um pouco sobre como foi a fundação, em 1987. Conseguimos imagens do dia em que Paysandú e Carlos Renaux se uniram para formar o Brusque”, explica o diretor.

Apesar de ainda não ter gravado entrevistas, Azevedo já traçou um caminho para conseguir conversar com os protagonistas do título. Além dos ex-atletas campeões, ele pretende conversar com muitos torcedores que presenciaram a vitória sobre o Avaí. “Inclusive estou solicitando imagens e registros das pessoas que estavam no Augusto Bauer no dia”, diz. Cerca de dez pessoas trabalharão na produção que já conta com o apoio de Supermercados Archer e Aradefe. Mais informações: (47) 3053-7714 ou (47) 9753-1449.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio