Conteúdo exclusivo para assinantes
Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Divórcio entre PSD e PMDB tem tudo para acontecer

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Divórcio entre PSD e PMDB tem tudo para acontecer

***destaque inimigos intimos

Raul Sartori

Enquadramento
O adiamento para 2018 da reforma da Previdência evitou que os deputados federais do PSD de SC, João Paulo Kleinubing, João Rodrigues e Cesar Sousa, fossem enquadrados. Temer chamou os caciques nacionais do partido, liderados pelo ministro das Comunicações, Gilberto Kassab, para que todos os 25 congressistas da legenda votassem a favor.

Inimigos íntimos
Caciques do MDB e do PSD estão preocupados com o que ainda não aconteceu, mas tem tudo para acontecer: o divórcio completo entre ambos, que convivem entre tapas e beijos no atual governo estadual, assim que o vice-governador Eduardo Pinho Moreira assumir o Executivo, com a saída de Raimundo Colombo para ser candidato ao Senado.

Amigo presidente
O craque de futebol George Weah tornou-se presidente da Libéria, um pobre país da África, onde nasceu. Weah teve seu momento de glória no futebol quando foi campeão pelo Paris Saint-Germain, em 1994, ao lado dos craques Raí e Roberto Carlos e do catarinense Valdo.

Santo de casa…
Em extensa reportagem, o jornal espanhol “El País” destaca o percussionista Airto Moreira (que é catarinense de Itaiópolis), tido como o brasileiro mais influente fora do país desde Carmen Miranda, “que o mundo venera e que o Brasil pouco conhece”. Um dos motivos a reportagem é o fato de, após 50 anos, Airto estar de volta ao Brasil para interpretar as músicas de seu primeiro disco 100% brasileiro, Aluê, com shows em São Paulo (SESC) e Rio de Janeiro (Blue Note).

Gigante
A Uniasselvi, que nasceu em SC e já é uma das maiores instituições privadas de ensino do país, vai partir para uma oferta pública de ações (IPO) e captar recursos no mercado, no primeiro semestre de 2018, diz “O Globo”. A escola foi arrematada por Carlyle e Vinci Partners junto à Kroton, por pouco mais de R$ 1 bilhão, em 2015.

Privatização
O presidente Michel Temer assinou medida provisória que retira a proibição de privatizar a Eletrobras e suas subsidiárias, como a Eletrosul, sediada em Florianópolis. Lula tirou a estatal do programa de privatização criado por seu antecessor, Fernando Henrique Cardoso, para depois o lulopetismo e companhia assaltá-la.

Jeitinho
Um passarinho veio dizer que a prefeitura de Balneário Camboriú não vai levar adiante projeto aprovado pelos vereadores para que multe os pedintes que ficam nas sinaleiras, porque quer continuar com seu Projeto Resgate, ou seja, retirá-los das ruas e enviá-los para outras cidades, sem dar-lhe nenhum tratamento ou acolhimento que lhes dê um começo para restaurar suas vidas.

Pensão especial
Para auxiliar os sobreviventes a seguirem adiante e as famílias das vítimas a se estabilizarem após o acidente da Chapecoense, o senador Romário apresentou projeto de lei que concede a eles pensão especial. Caso seja aprovado, receberão uma pensão especial mensal, no valor equivalente ao teto dos benefícios do Regime Geral de Previdência Social, que em 2017 é de R$ 5.531,31.

Marketing invasivo
Apesar de em SC já existir uma lei estadual – uma das primeiras no Brasil – prevendo o direito de o consumidor não ser importunado com ligações telefônicas com propaganda de produtos e serviços, o abuso continua, apesar de muitas queixas ao Procon. A senadora Marta Suplicy (PMDB-SP) registrou tal fato ao apresentar um projeto que proíbe aquele marketing invasivo.

Por cima
A completa inutilidade das Agências de Desenvolvimento Regional fica explícita, diariamente, nos gabinetes de secretários de Estado, em Florianópolis. Os pleitos dos prefeitos poderiam – e deveriam – ser feitos primeiramente nelas, que são ignoradas. Eles, prefeitos, preferem ir direto ao rei. Com a certeza de obter melhores resultados.

Imposição
Naturalmente que os principais interessados não foram ouvidos na discussão e aprovação de projeto de lei, que agora depende da sanção do governador Raimundo Colombo para virar lei estadual, que assegura ao espectador o acesso nas salas de cinema, cineclubes, teatros, espetáculos musicais e circenses com alimentos e bebidas comprados fora desses estabelecimentos.

DETALHES

Após anos seguidos sem férias, o responsável por este espaço tira um mês de descanso (mais que necessário), de 1º a 31 de janeiro. A todos um 2018 de felicidade.

Lido, alhures: “Não deixar a inveja ser um obstáculo para a felicidade pode ser um primeiro passo no ano que começa”.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio