Palmas ao maestro

Nesta semana presto homenagem e reverências a um dos maiores artistas brasileiros, maestro e compositor, nascido em Brusque no ano de 1928. Trata-se de Edino Krieger, que no sábado próximo celebra seus 90 anos, junto dos familiares na cidade do Rio de Janeiro, onde vive desde os 15 (salvo períodos no exterior). Na capital fluminense, assim como em diversas cidades do país, haverá eventos comemorativos e, entre amigos e família, certamente um brinde com um excelente vinho tinto – talvez o segredo da disposição, sabedoria e bom humor do aniversariante.

 

Ocupante da cadeira 34 na Academia Brasileira de Música, Edino Krieger iniciou seus estudos de violino ainda criança, quando vivia em Brusque, graças ao incentivo do pai-professor, o também maestro Aldo Krieger. Após demonstrar talento e receber uma bolsa de estudos do governo catarinense, mudou-se para o Rio de Janeiro, onde se formou no Conservatório Brasileiro de Música. Em 1948, foi escolhido por concurso para estudar no Berkshire Music Center de Massachusstes, EUA. Em Nova York, estudou composição na renomada Juilliard School of Music e atuou como violinista na Mozart Orchestra.

Retornou ao Brasil em 1950 e ingressou na Rádio Ministério da Educação, em que foi diretor musical e organizou a Orquestra Sinfônica Nacional. Com bolsa do Conselho Britânico, estudou em Londres, na Royal Academy of Music.

Nos anos seguintes, recebeu diversos prêmios em concursos e festivais e teve composições interpretadas por grandes orquestras do mundo. No ano de 1975, criou a Bienal de Música Brasileira Contemporânea – evento que se realiza até hoje.

Como gestor cultural foi diretor artístico da FUNTERJ – Fundação de Teatros do Rio de Janeiro, diretor do Instituto Nacional de Música, presidente da FUNARTE – Fundação Nacional de Arte (Ministério da Cultura), da Fundação Museu da Imagem e do Som (RJ) e da Academia Brasileira de Música.

Suas composições incluem obras para orquestra sinfônica e de câmara, oratórios, música de câmara, obras para coro e para vozes, instrumentos solistas, além de partituras incidentais para teatro e cinema.


Lieza Neves
– atriz, escritora, produtora cultural

 

Palmas ao maestro Nesta semana presto homenagem e reverências a um dos maiores artistas brasileiros, maestro e compositor, nascido em Brusque no ano de 1928. Trata-se de Edino Krieger, que
Conteúdo exclusivo para assinantes

Para ler todas as notícias, assine agora!

Oferta especial para você ficar
bem informado SEM LIMITES

Menos de

R$ 0,35
ao dia
R$ 9,90 ao mês