Dois projetos são aprovados na primeira sessão da Câmara de Guabiruba em 2014

Primeira sessão ordinária do Legislativo do município foi realizada na terça-feira, 4 de fevereiro

Dois projetos são aprovados na primeira sessão da Câmara de Guabiruba em 2014

Primeira sessão ordinária do Legislativo do município foi realizada na terça-feira, 4 de fevereiro

Na noite de terça-feira, 4 de fevereiro, o Legislativo de Guabiruba se reuniu pela primeira vez em sessão ordinária em 2014. No primeiro encontro, a Câmara aprovou dois projetos do Executivo em regime de urgência. Os vereadores já haviam se reunido anteriormente para aprovar o reajuste do piso do magistério, após pedido do prefeito Matias Kohler para antecipar a votação do projeto.

Os dois projetos da pauta foram aprovados por unanimidade. O primeiro a entrar em votação dispõe sobre a abertura de crédito suplementar no orçamento do município no valor de R$ 5.600,00, a ser repassado a algumas secretarias. O segundo projeto aprovado na noite de terça-feira amplia o número de vagas para contratação de médico veterinário e engenheiro civil pela prefeitura.

O presidente do Legislativo, Waldemiro Dalbosco (PP), destacou os desafios da Câmara em 2014: os vereadores terão papel importante na definição de diversos temas, como o plano de carreira dos servidores; a nova planta de valor imobiliário; o limite entre Guabiruba e Botuverá, além do novo Plano Diretor.

O crescimento do município foi um dos temas discutidos na sessão de terça-feira. O vereador Felipe Eilert dos Santos (PT) citou matéria publicada na edição de 4 de fevereiro do jornal Município, sobre os obstáculos ao desenvolvimento da cidade. Para ele, é necessário maior planejamento da expansão do município, com a participação de representes das esferas estadual e federal, além do município.

Ainda nesta reunião, o vereador Jaime Luiz Nuss (PMDB) solicitou que a empresa responsável pelo processo de atualização cadastral dos imóveis, através do trabalho de geoprocessamento, mande um representante à Câmara para prestar explicações sobre o processo.

A próxima sessão está marcada para o dia 11 de fevereiro, às 19h, no plenário da Câmara.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio