Dois veículos são incendiados em Brusque na primeira noite de ataques registrados no município

Atentados ocorreram no Centro e no bairro Azambuja com menos de uma hora de intervalo entre eles

Dois veículos são incendiados em Brusque na primeira noite de ataques registrados no município

Atentados ocorreram no Centro e no bairro Azambuja com menos de uma hora de intervalo entre eles

Brusque viveu sua primeira noite de ataques na madrugada desta quinta-feira, 7 de fevereirocom dois veículos – um micro-ônibus e um carro – incendiados em pontos diferentes da cidade. Com isso, sobe para 21 o número de cidades catarinenses atingidas nesta segunda onda de atentados no Estado. 

GALERIA:

O primeiro ataque aconteceu na rua Lauro Müller, no Centro de Brusque, pouco antes da meia-noite. O micro-ônibus de uma autoescola que estava estacionado nos fundos de um posto de gasolina, em frente ao estádio Augusto Bauer, foi o alvo dos bandidos. 

O vigia do posto, Agino Cecatto, 55 anos, contou que ouviu um barulho e foi até os fundos do local, quando viu o ônibus pegando fogo e avistou um homem fugindo.  

Ninguém ficou ferido, mas o prejuízo foi grande. Os bandidos atearam fogo no interior do ônibus, que ficou completamente destruído. O proprietário da autoescola, Emerson Ogliari, 40 anos, relatou que os bandidos deixaram no local uma mochila e uma galão de cinco litros, que cheirava a gasolina. O material foi recolhido pela equipe do Instituto Geral de Perícias. 

>> Assista às imagens da câmera de segurança do posto no momento do ataque


O segundo ataque aconteceu na rua Ernesto Appel, no bairro Azambuja, próximo do Supermercado Barateiro. Um carro Renault Megane, placas MEW 5434, de Brusque, teve a parte dianteira completamente destruída. 


Marlon Mocinho, 38 anos, contou que o veículo é de seu genro, Bruno Alves, de 28 anos, e que o carro sempre fica estacionado no local. 

Ele relatou que os vizinhos ouviram dois estouros e na sequência viram o fogo, que tomou conta do veículo. Rapidamente, com mangueiras e extintores, a comunidade conseguiu controlar as chamas antes da chegada dos bombeiros. Ninguém se feriu. 

Onda de ataques

Estes foram os primeiro ataques registrados em Brusque desde que a segunda onda de atentados foi iniciada em Santa Catarina. Pelo menos 21 cidades já sofreram ataques em todo o Estado. 

A ação do crime organizado recomeçou na noite de quarta-feira, 30 de janeiro, no Vale do Itajaí. Navegantes, São José, Florianópolis, Criciúma, Itajaí, Palhoça, Camboriú, Tubarão, São Francisco do Sul, Laguna, Araquari, Gaspar, Joinville, Balneário Camboriú, Jaraguá do Sul, Maracajá, Ilhota, Blumenau, Chapecó, Indaial e Brusque formam a lista de municípios atingidos.

Nenhum suspeito dos ataques em Brusque foi localizado até as 4h da manhã desta quinta-feira.

> Veja no mapa o local dos atentados em Brusque 


Ver Ataques em Brusque num mapa maior

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio