Duas pessoas são presas em operação da Polícia Federal em São João Batista

Ação de combate ao contrabando apreendeu uma quantidade aproximada de 300 mil maços de cigarros estrangeiros

Duas pessoas são presas em operação da Polícia Federal em São João Batista

Ação de combate ao contrabando apreendeu uma quantidade aproximada de 300 mil maços de cigarros estrangeiros

Duas pessoas foram presas em flagrante na manhã desta quinta-feira, 6, numa operação da Polícia Federal, de combate ao contrabando e comércio ilegal de cigarros, em São João Batista. Na ação foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, que resultou na apreensão de uma quantidade estimada entre 250 mil e 300 mil maços de cigarros estrangeiros, ou seja, entre 500 a 600 caixas.

Segundo a PF, o valor final de venda poderia chegar a cerca de R$ 1 milhão. A operação ocorreu em uma residência no loteamento Golden Park, área nobre do município, e recebeu o nome de operação “Família SJB”. O nome foi escolhido devido as evidências da participação de três pessoas de uma mesma família na atividade criminosa. Alguns dos investigados, inclusive, já possuíam antecedentes na PF por contrabando de cigarros.

Assista o momento da apreensão: 

Conforme apuraram os policiais, o grupo era um importante distribuidor do produto na região. O inquérito policial foi instaurado há 90 dias, quando surgiram os primeiros indícios da prática criminosa. Com a união de provas, foi então solicitada à Justiça Federal a expedição dos mandados de busca e apreensão para três endereços residenciais e um endereço comercial vinculados ao grupo. Todos eles em São João Batista.

A pena para a prática do crime de contrabando é de, no máximo, cinco anos de reclusão. A participação de uma terceira pessoa continua sendo apurada no inquérito policial, que permanece em andamento.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio