Dupla brusquense leva a primeira etapa do Catarinense de Duathlon

Felipe dos Passos e Mirivaldo Souza fizeram melhor tempo na categoria revezamento

Dupla brusquense leva a primeira etapa do Catarinense de Duathlon

Felipe dos Passos e Mirivaldo Souza fizeram melhor tempo na categoria revezamento

A dupla brusquense Felipe dos Passos, 17 anos, e Mirivaldo do Nascimento Souza, 42 anos, fez o melhor tempo na primeira etapa do Campeonato Catarinense de Duathlon/IV Duathlon de Brusque.
Competindo na categoria ‘revezamento’, Souza e Passos completaram a prova com um tempo total de 53 minutos e 59 segundos. 

Mirivaldo observa que o clima seco interferiu no início da prova, em que ele competiu correndo, os cinco quilômetros iniciais e os 2,5 quilômetros finais.  

– Cada um tem que fazer a sua parte, dar o melhor de si. No meu caso, tenho que dar o máximo nos primeiros 5 quilômetros sabendo que depois tem mais um pouquinho para correr.

Felipe, companheiro de prova de Mirivaldo, fez sua parte pedalando 20 quilômetros e conta que participa pela segunda vez do evento. 

– É uma oportunidade única, não é só eu fazer uma corrida boa, meu companheiro também precisa se dar ao máximo, ainda mais que a prova é em casa. 

> Confira galeria de fotos da competição aqui.

Estrutura

A presidente da Federação de Triathlon de Santa Catarina (Fetrisc), Naida dos Santos Freitas, elogia a estrutura da cidade, que recebe pela quarta vez a prova de duathlon terrestre (que inclui cinco quilômetros de corrida, 20 quilômetros de ciclismo e mais 2,5 quilômetros de corrida).

– Aqui tem uma logística especial: há apoio da Fundação Municipal de Esportes, temos uma associação filiada que é bastante eficiente. E temos uma Beira Rio, onde é possível correr, pedalar e temos o lugar para as transições de provas aqui. Não conheço nenhum outro município que tenha esta característica de facilidade, de fechar a avenida. 

Naida acrescenta que houve um aumento significativo nas inscrições, que passaram da média de cinquenta, para mais de cem participantes. A gerente acredita que a procura pelo duathlon acontece porque muitos corredores e ciclistas experimentam a modalidade, além da maioria de triatletas que faz a prova. 

O superintendente da Fundação Municipal de Esportes, Marcelo Cavichiollo, observa que Brusque é a cidade que tem mais competidores na etapa, com mais de vinte. 

O presidente da Associação de Triathlon de Brusque (Atri Brusque), Charles Albani Dadam, acredita que a confiança da Fetrisc vem da organização demonstrada pelo grupo de atletas brusquenses. 

– Os atletas gostam muito por causa do visual, pelo circuito bastante seguro, com as ruas interditadas para que não haja nenhum acidente e isso tudo inspira confiança para realizarmos este evento aqui. 

Dadam acrescenta que a IV Duathlon de Brusque trouxe cinco atletas de ponta, dois já classificados para as Olimpíadas de Londres, mas que o objetivo maior da prova é divulgar o triathlon. 

**Na edição de segunda-feira, 16, confira mais informações sobre a IV Duathlon de Brusque. 
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio