Conteúdo exclusivo para assinantes

Durante recesso, 200 eleitores fizeram cadastramento biométrico em Brusque

Número é considerado significativo pelo chefe do cartório

Durante recesso, 200 eleitores fizeram cadastramento biométrico em Brusque

Número é considerado significativo pelo chefe do cartório

O Cartório Eleitoral de Brusque recebeu um número significativo de eleitores interessados em realizar o cadastramento biométrico durante o recesso do fim de ano.

De 20 de dezembro a 5 de janeiro, a central eleitoral do município realizou 272 atendimentos, sendo que 200 foram para a biometria. Além disso foram realizadas 55 transferências e 17 novas inscrições.

O chefe de cartório da 86ª Zona Eleitoral de Brusque, Guilherme Benedet, considera o número de atendimentos bastante elevado, levando em consideração que é característico dos moradores da cidade procurar o Litoral no período de férias.

“É um número significativo, justamente por causa do cadastramento biométrico. Acreditamos que os eleitores que não conseguiram comparecer no prazo inicial, que era 15 de dezembro, vieram neste recesso”.

Também chama atenção a quantidade de atendimentos feitos no Cartório Eleitoral neste começo de ano. De segunda-feira, 8, até por volta das 15h desta quarta-feira, 10, 259 pessoas estiveram no local fazendo algum procedimento – a maioria também voltado à biometria.

“É um número bem alto. Em três dias quase foram atendidos a mesma demanda do recesso”, diz Benedt.

Até agora, conforme o chefe do cartório, dos 88.193 eleitores que há em Brusque, 63.711 compareceram para realizar o cadastramento biométrico, ou seja, 72.24%. A expectativa é que até o dia 9 de maio, quando encerra o prazo, 80% a 85% dos eleitores façam o procedimento.

Regularização
O eleitor terá até 9 de maio de 2018 para regularizar sua situação e garantir o direito de voto nas eleições de outubro. Se não fizer a biometria, o eleitor terá o título de eleitor cancelado.

Para fazer o cadastro é necessário levar documento oficial de identificação que contenha foto, como RG, passaporte e carteira de trabalho; comprovante de residência emitido, no máximo, há três meses no nome do eleitor ou de parente, devendo comprovar o parentesco; documento comprobatório de alterações de dados pessoais, se houver.

Além disso, se for o primeiro título eleitoral, necessita-se ainda do comprovante de quitação do serviço militar (para homens com idade entre 18 e 45 anos).

O atendimento acontece no Cartório Eleitoral, na rua Humberto Matiolli, ao lado da praça Sesquicentenário, no Centro, das 12h às 19h.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio