Em busca de mais um ouro, Barateiro Sub-20 viaja nesta segunda-feira para competir na Taça Brasil

De terça até o próximo sábado, as meninas do time brusquense lutam contra outras cinco equipes pelo título nacional de futebol de salão

Em busca de mais um ouro, Barateiro Sub-20 viaja nesta segunda-feira para competir na Taça Brasil

De terça até o próximo sábado, as meninas do time brusquense lutam contra outras cinco equipes pelo título nacional de futebol de salão

O Barateiro Futsal vai em busca de mais uma glória para a cidade de Brusque a partir de terça-feira, 9. O time, que viajou hoje para Goiana (PE), inicia sua empreitada na Taça Brasil com a categoria Sub-20. De terça até o próximo sábado, as meninas do time brusquense lutam contra outras cinco equipes pelo título nacional de futebol de salão.

Leia também: Rodeio de Brusque reuniu mais de 10 mil pessoas nos quatro dias de festa

O time foi campeão em 2012 e 2013, portanto, luta pelo tricampeonato em Pernambuco. Com um elenco totalmente modificado, a responsabilidade das novas atletas é de honrar a camisa do clube. Diferente dos anos anteriores, o Barateiro não entra como favorito ao título, mas pode mudar tudo na sua estreia contra o Corinthians (SP), às 19h dessa terça.

No escuro

Comandante da equipe que vai em busca do tri, Anderson Menezes, o Esquerda, confessa que a competição será uma incógnita. O formato é diferente das últimas edições e as equipes também são desconhecidas. “Não sabemos muito bem pelo que esperar. Este ano também não contamos com atletas que são titulares no grupo adulto, coisa que sempre mantivemos. Mesmo assim treinamos muito e apostamos em briga pelo ouro”, afirma.

Nos anos em que o Barateiro levantou a taça, a competição era disputada em cruzamento olímpico, com semifinais e uma decisão. Este ano, a Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS) decidiu mudar, apostando na fórmula de pontos corridos (todos contra todos). O Barateiro duelará com todas as cinco equipes adversárias até sábado, com dois objetivos em jogo: Não cair – as duas últimas colocadas vão para a segunda divisão da Taça Brasil Sub-20 no próximo ano – e terminar na liderança.

Para alcançar as metas, as comandadas de Esquerda treinaram todo tipo de situação. “Chegamos a trabalhar até com goleira-linha. Se nos encontrarmos em um momento adverso até os minutos finais, é importante ter mais uma atleta para formar as jogadas”, diz.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio