Conteúdo exclusivo para assinantes
Prancheta - Cristóvão Vieira

cristovao@omunicipio.com.br

Em clima de Halloween, a bruxa está solta no Bruscão

Prancheta - Cristóvão Vieira

cristovao@omunicipio.com.br

Em clima de Halloween, a bruxa está solta no Bruscão

Bruxa solta! FOTO: AMADOR BOTUVERÁ Foram entre 700 e 800 espectadores, de acordo com a Secretaria de Esportes Divulgação FOTO: MEMÓRIA DO ESPORTE Acervo Pessoal Irmgard Facchini

Prancheta - Cristóvão Vieira

O Halloween do Brusque começou desde que Alex Ruan marcou o gol de empate para o Joinville na Copa Santa Catarina dentro do Augusto Bauer, aos 48 do segundo tempo, e parece não ter hora para acabar. Durante estas quatro rodadas da Copinha, sobraram travessuras da defesa do Brusque e faltaram gostosuras aos torcedores quadricolores.

Quem acompanhou o Bruscão no Campeonato Catarinense, na Copa do Brasil e mesmo no Brasileirão Série D, não consegue reconhecer este time que disputa a última competição da temporada. Ataque preguiçoso, criação nula e defesa falha são as ‘bruxas’ que acompanham o elenco.

Uma pitada de má sorte também é acrescentado nesse caldeirão. Até personagens que em um passado recente arrancaram sorrisos da torcida brusquense, como Neguete e Wilson Junior, agora comprometem o desempenho da equipe.

Até o momento, portanto, a situação do Brusque na competição é a seguinte: foram três pontos acumulados de 12 disputados, em um aproveitamento de 25%; quatro gols marcados e sete sofridos, com saldo negativo de três gols; três empates e uma derrota. Desenvoltura medíocre para quem postula título.

Mas não há nada perdido. Vencendo o Inter de Lages no dia 12 de novembro, a disputa esquenta e há chances de uma classificação na bacia das almas. Para isso, contudo, é preciso que os fantasmas sejam exorcizados. E quem quer que esteja usando o Marreco de boneco vudu, que pare já com a brincadeira.

Botuverá, o refúgio do esporte amador

Foram entre 700 e 800 espectadores, de acordo com a Secretaria de Esportes. Foto: Rogério Comandolli

Belo registro mostra o quanto a final do Municipal de Futebol de Botuverá foi prestigiada. Segundo dados da Secretaria de Esportes, foram entre 700 e 800 pessoas no campo dos Los Bandoleiros, que acabaram perdendo em seus domínios para o Águas Negras, o grande campeão, pelo placar de 1 a 0 no último domingo, 29.

Fim de semana de Jasc
Os Jogos Abertos de Santa Catarina têm início nesta sexta-feira, 3. Brusque terá novamente representantes em muitas modalidades, mas a projeção é inferior do que em 2015, último ano em que a competição foi realizada. Isso porque o investimento foi reduzido e também houve um corte na contratação de competidores de fora do município. De qualquer forma, o município contará com atletas suando a camisa em busca das melhores posições na cidade de Lages.

FCB presente
Parabenizo mais uma vez as iniciativas da Federação Catarinense de Basquete (FCB), sempre ativa, presente e fomentando a modalidade no estado. Em um país que tem como cultura por parte das entidades reguladoras do esporte o descaso total e a corrupção – vide o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, que está preso -, contar com um grupo assim é uma luz no fim do túnel.

E o Brasileirão?
Tinha gente que já dizia estar resolvido o Campeonato Brasileiro. Pois, eis que faltando sete rodadas para o fim, descobre-se que não está. Nem o título, tampouco o rebaixamento, estão definidos na competição. E há quem diga que não existe emoção em competição de pontos corridos…

Quando o esporte era valorizado

Acervo Pessoal Irmgard Facchini

Em 1965, assim era a o público em uma edição de Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). O registro é no ginásio de esportes da Sociedade Esportiva Bandeirante, e apresenta torcedores de todos os cantos do estado. Nos últimos anos, os Jasc, que nasceram em Brusque, perderam o apelo do público e cenas como a desta foto tornam-se cada vez mais raras de se acompanhar.

 

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio