Em súmula, Edson da Silva alega ter sido ameaçado de morte em Brusque

Árbitro da partida entre Brusque e Marcílio Dias protocolou Boletim de Ocorrência contra André e Danilo Rezini, além do preparador físico do clube, Klaubert Soares, o Kal

Em súmula, Edson da Silva alega ter sido ameaçado de morte em Brusque

Árbitro da partida entre Brusque e Marcílio Dias protocolou Boletim de Ocorrência contra André e Danilo Rezini, além do preparador físico do clube, Klaubert Soares, o Kal

A Federação Catarinense de Futebol (FCF) publicou no fim da tarde desta segunda-feira (17) a súmula do jogo entre Brusque e Marcílio Dias pelo quadrangular final da Divisão Especial.

O documento será analisado pelo Tribunal de Justiça Desportiva, que deve pedir a penalização do Brusque FC por invasão ao campo e agressão a arbitragem. 

O árbitro anexou ainda a súmula um boletim de ocorrência contra o presidente do Brusque, Danilo Rezini, seu filho, o vereador André Rezini, e o preparador físico do Bruscão, Klaubert Soares, o Kal. André teria dado um chute no joelho da arbitragem, Kal acertado um soco na orelha. A denúncia mais grave é a de ameaça de morte, segundo o juiz, feita por Danilo Rezini.

Edson Silva também citou na súmula que houve tentativa de agressão do diretor de futebol Carlos Beuting e que teve uma cadeira de plástico jogada em sua costas por André Luiz, zagueiro do Brusque FC, quando descia para os vestiários.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio