Rodrigo Santos

Jornalista esportivo - rodrigosantos@omunicipio.com.br

Empate importante

Rodrigo Santos

Jornalista esportivo - rodrigosantos@omunicipio.com.br

Empate importante

Rodrigo Santos

Mesmo desfalcado, o Brusque conseguiu um empate contra o Tubarão para se manter na liderança do grupo na Copa Santa Catarina. Fez um abafa nos primeiros minutos, fez o gol, colocou duas bolas na trave e acabou tomando o empate num belo voleio do experiente atacante Edno. No fim das contas, e somando com a derrota lá no Sul quando o time não jogou bem, deu pra sustentar a primeira colocação da chave, o que é muito importante para quem quer chegar na final.

E parece que a diretoria percebeu que o chequinho da participação na Copa do Brasil está próximo. Resolveu ir ao mercado e trouxe alguns reforços pontuais para tentar barrar um pouco as improvisações e fazer com que o time fique mais coeso nessa reta final de competição. O Tubarão, para mim o time a ser combatido nessa Copa, mostra que está se acertando.

Vem aí o Internacional de Lages, onde o Bruscão venceu sem muitas dificuldades no Augusto Bauer. Tem apenas uma vitória na Copinha (contra o Operário de Mafra, saco de pancada) e não vê mais chances de classificação. Mas favoritismo existe para ser confirmado. Por isso que o Bruscão terá, daqui pra frente, decisões importantes. Uma derrota pode até fazer com que o time caia fora da zona de classificação, já que o Marcílio Dias está a apenas dois pontos de distância.

De passo em passo, o caminho para a Copa do Brasil vai se construindo.


São João
Um bom público compareceu ao Estádio Valério Gomes Neto para acompanhar o empate do Brusque com o Tubarão em 1 a 1. Chamou a atenção a boa qualidade do gramado. Agora não tem mais desculpa para o mau futebol.

No cinema
Boa pedida para o feriadão é assistir o documentário “Brusque 92” que está em exibição na sala 3 do Cine Gracher Havan até o dia 17. Trabalho que levou muito tempo e que foi muito elogiado por quem viu. Como perdi a pré-estreia por causa da rodada da Copa Santa Catarina, aparecerei por lá no final de semana.

Renaux
O Vovô, que conseguiu a sua classificação para a segunda fase da Série C do Estadual mesmo com a punição do tribunal, joga neste domingo contra a forte equipe do Atlético Itajaí pela fase semifinal. O adversário é franco favorito no confronto, tendo jogadores experientes e um técnico, Rony Aguilar, que tem acessos no currículo. Dentro de campo e sem o peso do favoritismo, o Renaux tem a chance de surpreender. Mas não vai ser fácil contra o clube que, na minha opinião, é favorito disparado ao título.

19 a 0
Esse mesmo Itajaí entrou para os livros de história na semana passada ao protagonizar a maior goleada já registrada no futebol profissional de Santa Catarina, nada menos de 19 a 0 sobre o Curitibanos, que manda seus jogos em Paulo Lopes. O resultado teve fatos graves: jogadores do time derrotado alegavam ter ido a campo sem sequer almoçar, e o presidente do clube chegou a agredir jogadores no intervalo, quando o placar já estava em 7 a 0. No fim da partida, a diretoria do Marcílio Dias, solidária com a situação, ofereceu jantar aos jogadores no refeitório do Estádio Dr. Hercílio Luz.

Providências
A Federação Catarinense de Futebol e a Associação dos Clubes não podem ficar imóveis perante a essa barbaridade, que só mancha a imagem do futebol catarinense. No mínimo precisam buscar explicações e até acionar uma fiscalização por parte do Ministério do Trabalho sobre as condições deixadas aos atletas dos clubes. Em tempos de futebol profissional, não dá pra deixar dirigentes aventureiros se meterem em algo tão sério.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio