A transformação digital fez parte de 87,5% das empresas brasileiras, em 2020, segundo levantamento do Índice de Transformação Digital Dell Technologies. O olhar mais intensificado das empresas para o universo digital já era algo esperado para os próximos anos. Com a pandemia, no entanto, o movimento foi acelerado, resultando em um boom tanto de novos negócios nascidos no digital, quanto de empresas físicas que tiveram que se adaptar ao formato.

A pesquisa “Panorama de Negócios Digitais Brasil” apontou que 54% dos empreendedores digitais começaram a empreender durante a pandemia. Criada um pouco menos antes desse período, a marca de moda praia Lia Presenti, da estilista baiana de mesmo nome, foi uma das empresas que tiveram que superar o desafio imposto pelo isolamento social. Vendendo suas peças exclusivamente pela internet, a aposta de Lia foi se concentrar no perfil da loja no Instagram, o @liapresentioficial.

Criei minha vitrine no Instagram e fui anunciando meus produtos. O empreendimento se popularizou e hoje já somos mais de 94 mil seguidores que ajudam a fortalecer nossa marca e levá-la para vários cantos do mundo. O trabalho é constante, mas confio na nossa qualidade e na equipe que trabalha comigo, isso também é essencial para nosso progresso. Com certeza 2022 promete”, conta a estilista que já vestiu celebridades e teve peças vendidas até nos Estados Unidos e Itália.

Gerenciar bem para ter retorno em lucros

Seja digital ou totalmente físico. No fim, o que importa mesmo é que todo empreendimento seja bem gerenciado para oferecer lucros. “O empreendedor precisa conhecer seu negócio, entender quem é o público-alvo para adotar medidas assertivas e realizar um gerenciamento financeiro. Um empreendimento, seja virtual ou físico, deve ter um planejamento orçamentário”, destaca Gildenor Leite, administrador e coordenador do curso de Administração da Faculdade Pitágoras Maceió.

Gildenor ainda ressalta que principal diferença é que em uma loja virtual o seu investimento de captação acaba ficando por conta das ferramentas de anúncios em buscadores e nas redes sociais. Neste caso é necessário ter inteligência na hora do investimento. O profissional lista (confira abaixo) as principais dicas para quem quer administrar um negócio digital.

Entenda do mercado digital

Deixe uma resposta