Empresária brusquense faz carreira política em Canoinhas

Norma Petermann Pereira é vereadora na cidade do Planalto Norte catarinense

Empresária brusquense faz carreira política em Canoinhas

Norma Petermann Pereira é vereadora na cidade do Planalto Norte catarinense

Natural de Brusque, Norma Petermann Pereira, 61 anos, trilha a carreira política em Canoinhas, no Planalto Norte de Santa Catarina. A brusquense também é empresária e contadora.

Filha de José Petermann e Ana Buss Petermann, Norma nasceu em 1957 e morou até a adolescência com a família no bairro Dom Joaquim. Naquela época, lembra a brusquense, o acesso ao Centro era bastante difícil e quase não havia transporte público.

Leia também:
Salário do prefeito de Brusque está entre os maiores de Santa Catarina

Idosa abandonada morará definitivamente com amiga de Tijucas

Após terminar o primário, da quinta à oitava série Norma estudou no Colégio São Luiz. “Como não tinha ônibus, fizeram uma extensão do São Luiz em Dom Joaquim”, lembra.

A vida da família naquela época era difícil. Brusque ainda era uma cidade pequena, e Dom Joaquim, uma localidade praticamente rural.

Em busca de emprego, Norma se mudou para Joinville no início de 1972. Uma tia que já morava na cidade do Norte catarinense conseguiu um emprego para ela como serviços gerais no Colégio dos Santos Anjos.

A dedicação ao trabalho, aprendida com a família de Brusque, logo a fez se destacar. No segundo ano, Norma já passou a ser auxiliar de professora, e não demorou a se tornar professora da creche.

Enquanto trabalhava, Norma também estudou o “normal” numa escola pública. Apesar de ter atuado como professora, a brusquense é contadora por formação.

Na área financeira, ela trabalhou no Banco Sulbrasileiro, já extinto. Foi o casamento com o advogado Francisco Vital Pereira que a tirou de Joinville e a levou para Canoinhas, onde mora há 35 anos.

Carreira pública
Atualmente, Norma é vereadora eleita pelo PSDB de Canoinhas. É o segundo mandato dela, que já havia ocupado uma cadeira na Câmara Municipal na legislatura de 2001 a 2004.

“Depois de 2004, me afastei por questões pessoais”, conta. “Mas em 2016 o partido me pediu para concorrer para fechar o número de mulheres e fui a terceira mais votada sem fazer campanha”, completa Norma.

A família Pereira é conhecida em Canoinhas e no Planalto Norte devido aos empreendimentos que possui: um hotel e um escritório de advocacia. O marido da brusquense, Francisco Vital Pereira, também foi vereador e atua na advocacia trabalhista.

Norma conta que a família está expandindo os negócios e abrirá um hotel também em Joinville.

Brusque no coração
Ainda que tenha saído de Brusque no início da década de 1970, Norma nunca perdeu o contato com a cidade. A mãe dela morreu em 1981, mas o pai ainda é vivo e quatro irmãos residem na terra natal. Os irmãos são Vânia, Clanir (Nani), Bernadete, Moacir, Eugênio, Osnildo e Hélvio Estevão.

A brusquense lembra com carinho da infância na cidade. “Eu lembro da rua Azambuja, meu tio tinha ali um açougue”, comenta Norma.

Leia também:
Estiagem prolongada afeta abastecimento de água do Samae

Prefeitura de Brusque implantará 0800 para cancelar e confirmar consultas médicas

Entre as viagens regulares para visitar os familiares espalhados por Brusque, Norma acompanhou o desenvolvimento da cidade. Ela viu a derrocada da rua Azambuja na década de 1980, o fim das grandes indústrias têxteis e o ressurgimento do município.

Hoje pré-candidata, ela afirma que leva a história de Brusque como um ensinamento. “Tem a questão da representatividade política. Brusque teve pessoas ousadas na tomada de decisões políticas”, afirma Norma.

Assim como Brusque se reinventou e hoje é uma das principais cidades do estado, Norma espera conseguir o mesmo com Canoinhas e região.

“Brusque é uma cidade de gente audaciosa e corajosa, esperamos levar isso também para o Planalto Norte”, afirma a vereadora e empresária brusquense.

Com regularidade, Norma pega a rodovia e percorre os cerca de 350 quilômetros que separam Canoinhas e Brusque para visitar a família. Ela comenta que há outros brusquenses na cidade do Planalto Norte no Lions Clube, do qual ela faz parte. Por meio deles ela também fica sabendo das novidades na cidade natal.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio