Empresário de Brusque é preso com malhas furtadas

Cerca de 28 rolos de malhas foram encontrados no galpão da empresa

Empresário de Brusque é preso com malhas furtadas

Cerca de 28 rolos de malhas foram encontrados no galpão da empresa

O dono de uma empresa de malhas, no bairro Santa Terezinha, foi preso na manhã de sexta-feira, 18, em Brusque. Ele é acusado do crime de receptação qualificada de produtos furtados. O delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC), Alex Bonfim Reis, conta que recebeu a denúncia de funcionários da empresa vítima, de que o empresário estaria vendendo os rolos de malhas furtados com um valor bem abaixo do preço do mercado. Na empresa, a polícia encontrou 28 rolos, em um valor de aproximadamente R$ 10 mil.

O furto da carga aconteceu na quinta-feira, 10, em Indaial. As denúncias começaram a aparecer na segunda-feira, 14. “Pedimos que alguns funcionários da empresa vítima fosse neste estabelecimento e comprasse alguns rolos para que pudéssemos confrontar”, explica o delegado.

A constatação só foi possível dos produtos quando desenrolaram as malhas e viram a numeração da nota fiscal da empresa vítima estampada no tecido. Com a comprovação de que as malhas eram da empresa furtada, o delegado pediu o mandado de busca e apreensão contra o empresário.

Segundo Reis, todas as tarjas de identificação do produto tinham sido removidas e não havia nada que comprovasse a procedência lícita do produto. “Isso foi um dos fatores que chamou a atenção, porque, praticamente, todos os demais rolos do galpão tinham a etiqueta de procedência, de origem e qualidade”, comenta.

O proprietário foi detido e autuado em flagrante pelo crime de receptação qualificada. “Ele não apresentou nenhuma nota fiscal dos produtos e não argumentou em favor de sua boa fé na aquisição das malhas”, salienta o delegado.

Como o crime de receptação qualificada não concede fiança, o empresário será encaminhado para a Unidade Prisional Avançada (UPA), de Brusque, e ficará a disposição da Justiça.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio