Empresários de Guabiruba são condenados por receptar carga roubada

Luiz Fischer e Jair Stolfi terão de pagar multa e prestar serviço comunitário

Empresários de Guabiruba são condenados por receptar carga roubada

Luiz Fischer e Jair Stolfi terão de pagar multa e prestar serviço comunitário

Dois empresários foram condenados pela justiça por receptação de material roubado. Jair Stolfi e Luiz Fischer foram presos numa operação da polícia realizada entre os dois 29 de março e 2 de abril. Segundo a Vara Criminal, Stolfi adquiriu 350 caixas de fios por R$ 83.998 sabendo que eram produtos roubados. Eles tinham sido levados da H21 Indústria e Comércio de Confecções no dia 29. Stolfi armazenou a carga roubada na empresa Beutsol, “visando utlizar parte do material em proveito próprio”.

Posteriormente, ele revendeu a mercadoria por R$ 88,6 mil para Fischer, da Brutex Malhas. Ele também sabia que os fios eram roubados, segundo a justiça. Ambos foram condenados a três anos de reclusão, contudo o juiz da Vara Criminal, Edemar Schlosser aceitou que as penas fossem convertidas no pagamento de 50 salários mínimos, cada um, a H21, pelos prejuízos, e prestação de serviços comunitários.

Relembre o caso

Fischer e Stolfi foram presos em flagrante no dia 2 de abril. Poucos dias antes, eles tinham recebido a carga de fios que havia sido furtada de um depósito da H21. Com o material em mãos, eles começaram a oferecer a outros empresários de Guabiruba e região. O dono dos produtos soube e comunicou a Polícia Civil de Guabiruba. Os policiais, com o apoio da Divisão de Investigações Criminais (DIC), efetuaram a prisão da dupla, que não soube informa a procedência do material.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio