Encontro de Carros Antigos de Brusque reúne cerca de 400 veículos no Pavilhão da Fenarreco

Evento do Brusque Car Club contou com expositores de várias cidades

Encontro de Carros Antigos de Brusque reúne cerca de 400 veículos no Pavilhão da Fenarreco

Evento do Brusque Car Club contou com expositores de várias cidades

Que as relíquias sobre rodas chamam a atenção de muita gente não é nenhuma novidade. Nem mesmo o tempo chuvoso do fim de semana, 24 e 25 de agosto, deixou de atrair os amantes de carros para o Pavilhão da Fenarreco no 6º Encontro de Antigos de Brusque. Apesar de ter gente que não gosta de tirar o automóvel da garagem para manter o cuidado. Somente no sábado, 80 carros encheram o espaço interno e, no domingo, mais pessoas levaram o seu xodó para a área externa somando cerca de 400 automóveis expostos. É o maior número de inscritos desde que o evento passou a ser realizado.

Galeria

O ambiente onde acontece a tradicional Fenarreco ficou cheio de cor e brilho vindos das carrocerias impecáveis. Além disso, os curiosos modelos fizeram as memórias voltarem à mente de quem já andou nos antigões em algum momento da vida. Por volta das 14h de sábado, 24 de agosto, o evento teve início oficialmente. Mas nem por isso os carros pararam de entrar no pavilhão. A cada momento um novo modelo chegava para completar a exposição.

Além dos automóveis, os visitantes também puderam conhecer objetos antigos no mercado de pulgas. Muita peça de lataria, quadros vintage, bicicletas dos anos de 1932 e 1959, além de miniaturas de carros passaram pelos olhos de pessoas de todas as idades. O menino Isaac Machado, de 5 anos, levou retratos para casa ao lado dos carros que mais gostou. A mãe dele, Dorilde Machado, e o pai, Elcio Machado, já tinham visitado o evento ano passado. “Gostamos de vir para trazer ele. É um momento de lazer”, disse o pai.

O Brusque Car Club faz divulgações dos eventos nas redes sociais e repassa o convite para a Federação Brasileira de Veículos Antigos (FBVA). Existe um calendário a ser seguido para que um encontro não aconteça no mesmo período de outro. A data para Brusque está registrada para todo último domingo do mês de agosto e a entrada é gratuita. Em 2012, houve 350 inscrições.
Participação

Desta vez, a exposição contou também com participações de Curitiba, Florianópolis, Balneário Camboriú, Itajaí, Blumenau e Gaspar. Opala, dodge, maverick, fuscas e kombis encheram os olhos dos visitantes. Entre as relíquias, um dodge charger, que já foi assunto da revista Classic Show, edição nº 43. O presidente do Brusque Car Club, Sidnei Ulrich, afirma que há quatro carros com placas pretas entre os sócios. Isso significa que esses automóveis possuem mais de 80% de originalidade. “Os destaques são todos os carros que aqui estão. Não temos distinção de modelo e ano. Cada proprietário tem seu carro de acordo com o investimento que destina a ele”, diz Ulrich. Ele lembra que o primeiro evento foi realizado junto com o Motor Show e, no segundo ano, já se tornou único.

Ulrich conta que o mercado de pulgas é um meio de rever os móveis de época e contar aos filhos a forma como eram manuseados. “O pessoal gosta e vai lembrando do tempo em que tinha uma radiola ou um relógio antigo. É muito gratificante para quem cuida e gosta disso”, afirma Sidnei. O Brusque Car Club foi fundado em 2005 e conta com 18 sócios, 60 carros, dez motos e 30 bicicletas antigas.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio