Encontro Estadual de Prefeitos reúne 203 chefes do Executivo em São José

Gestores esclareceram dúvidas em relação a liberação de recursos federais para os municípios

Encontro Estadual de Prefeitos reúne 203 chefes do Executivo em São José

Gestores esclareceram dúvidas em relação a liberação de recursos federais para os municípios

O Encontro Estadual de Prefeitos, realizado na sexta-feira, 2 de agosto, em São José, na Grande Florianópolis, reuniu 203 prefeitos de Santa Catarina. Eles participaram de cursos, palestras, discussões e aprimoramentos sobre os recursos e programas do governo federal destinados aos municípios. Prefeitos da região marcaram presença no evento, e levaram as demandas locais aos representantes do Estado.

O presidente da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), Celso Zuchi, destaca que a presença dos representantes do governo federal é importante para que os prefeitos conheçam os programas federais e onde podem buscar recursos. O governador do Estado, Raimundo Colombo, disse que “a participação do prefeitos nesses eventos lembra o perfil que o agente público deve ter, de atuar em todas as esferas pelos seus municípios”.
Recursos locais

O prefeito de Brusque, Paulo Eccel, afirma que a participação no encontro traz maior clareza à administração municipal sobre a forma de buscar recursos federais. “Foi importante porque tivemos os números da evolução dos investimentos federais nas cidades. Cada ministério trouxe seus técnicos, e os deixou à disposição para tirar dúvidas. Eventos dessa natureza diminuem as distâncias entre a prefeitura e o governo federal”.

Para o prefeito de Guabiruba, Matias Kohler, o maior avanço foi a possibilidade de entender melhor o sistema de comunicação e apresentação de projetos para liberar recursos federais. Ele avalia ainda a possibilidade do município receber verbas já no próximo ano. “Guabiruba vai ser contemplada com 30 moradias do programa Minha Casa Minha Vida. Isso vai auxiliar nossa proposta de ter um projeto habitacional no município. Temos outros projetos que estão encaminhados, sabemos que nem tudo será contemplado, mas em torno de R$ 10 a 20 milhões deverão ser liberados para investir em obras da nossa cidade em 2014”.

Outros investimentos 

A ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, detalhou os investimentos feitos por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). “Já foram executados 56% dos investimentos do PAC 2 previstos para serem implementados até 2014. São R$ 19 bilhões para Santa Catarina, com o foco para a ampliação da infraestrutura logística do estado”. Já o ministro do Trabalho, Manoel Dias, lembrou que a principal “obra” da pasta que ele comanda é a geração de emprego. “Essa é a forma que temos para melhorar a qualidade de vida da população. mas esse contato presencial facilita ainda mais o trabalho”.
Atendimentos individualizados

Além das palestras, os prefeitos também tiveram acesso às salas de atendimento, onde os principais ministérios do governo federal deram informações personalizadas para esclarecer as dúvidas de cada município. Ao todo, 12 instituições federais de Santa Catarina cederam técnicos para esse atendimento.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio