Equipes de voleibol Abel Brusque/FME são apresentadas oficialmente

Além das equipes, dois novos técnicos foram apresentados na sexta--feira, 14 de fevereiro

Equipes de voleibol Abel Brusque/FME são apresentadas oficialmente

Além das equipes, dois novos técnicos foram apresentados na sexta--feira, 14 de fevereiro

A equipe de voleibol da Associação Brusquense de Esporte e Lazer (Abel Brusque/FME) foi apresentada na nesta sexta-feira, 14 de fevereiro, na Arena Brusque. Além dos times das categorias iniciante, pré-mirim, mirim e infantil, foram apresentados dois novos reforços de peso que trabalharão com os alunos: Karina Patrícia de Souza e Éverton Luiz do Nascimento, se juntam aos técnicos Luiz Antônio Moretto e Vladimir Neubuser, o Vlad.
O técnico Moretto afirma que a equipe de trabalho deste ano na Abel é de altíssima competência. “Estamos dando um grande salto com a contratação destes dois profissionais. Ele (Nascimento) é um profissional capacitado. A Karina é referência nacional, homologada pela confederação. Eles têm um currículo extenso, sem contar com o Maurício (Thomas) que é técnico da Seleção Brasileira Juvenil”. O técnico também revela que mais dois nomes estão sendo analisados e devem ingressar a comissão técnica em abril.
Sobre os técnicos
Karina é natural de Florianópolis. Iniciou sua carreira como técnica em Joaçaba, onde trabalhou com a atleta de Seleção Brasileira, Natália Zilio. Na sequência, foi para Nova Trento, onde permaneceu por quatro anos. Há dois anos, voltou para Joaçaba, onde assumiu a Seleção Catarinense de Voleibol na categoria infanto-juvenil. Hoje, é técnica formadora da Seleção Brasileira juntamente com o presidente da Abel, Maurício Thomas.
Nascimento iniciou sua carreira no vôlei em 2001 como jogador. Entre vários títulos, foi campeão paulista infanto-juvenil, bicampeão paulista juvenil, campeão brasileiro juvenil e sete vezes campeão dos Jogos Abertos do Paraná. Sem deixar de jogar, começou a atuar como técnico em 2009. A convite de Moretto, que trabalhou com Nascimento no Paraná, resolveu deixar a carreira de lado e assumir a Abel. 
Expectativa

A técnica Karina relata a importância de resgatar o vôlei em Brusque. “É uma cidade que tem tradição no vôlei há muito tempo. Nós queremos dar continuidade a esse trabalho, ampliar, para que tenhamos futuro, com vários times de rendimento até chegar na equipe adulta”. O projeto é realizado, além da Arena Brusque, em alguns núcleos esportivos, como nos colégios João Hassmann, Santa Terezinha, João XXIII, Oswaldo Reis entre outros. A intenção, para este ano, conforme Moretto, é ampliar para, pelo menos, mais oito locais e chegar ao número de mil crianças praticando vôlei em Brusque. Atualmente, o projeto conta com 330.
Karina afirma que a expectativa, num primeiro momento, não é buscar resultados em competições. “Queremos ampliar o número de participações. O objetivo hoje é números. Quanto mais atletas estiverem nos colégios e compondo as equipes para a cidade não precisar trazer de fora, melhor. O resultado vem como consequência de um bom trabalho”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio