Prancheta - Cristóvão Vieira

cristovao@omunicipio.com.br

A escalada do Carlos Renaux

Prancheta - Cristóvão Vieira

cristovao@omunicipio.com.br

A escalada do Carlos Renaux

Prancheta - Cristóvão Vieira

O próximo sábado, 1º, marca o retorno de um gigante da história do futebol catarinense aos gramados em uma competição profissional. O Carlos Renaux estará de volta para encarar o grande desafio de se recolocar na elite do estado. Se o tricolor é conhecido como Vovô pelos seus quase 105 anos, vai encarar diversos ‘recém-nascidos’ e adolescentes: a maioria dos clubes da terceirinha surgiu a partir de 1999 – para que se tenha uma ideia, o Orleans foi fundado no ano passado. De tradicional junto ao Vovô está apenas o Próspera, de Criciúma, com 72 anos.

Veja também:
Prefeitura de Brusque investiga fraudes no reembolso de medicamentos para servidores

Cervejarias demonstram interesse na concessão do novo pavilhão de Brusque

Funcionários elencam principais necessidades das UBS de Brusque

Diversos são os desafios quer permeiam este retorno. O mais óbvio é a luta pelo acesso, já que apenas um time, o campeão, sobe entre os oito participantes. Mas além dos obstáculos no campo, o tricolor terá de resgatar seus antigos torcedores – os quais muitos migraram para torcer para o Brusque – e também fidelizar novos fãs do tricolor. A equipe de marketing já busca ações nesse sentido, como por exemplo a venda da camisa na estreia da equipe.

Por fim, a diretoria do clube terá de se cercar de pessoas profissionais e competentes para que o projeto não seja um fogo de palha, um sonho de uma noite de verão. Com a história que tem o Clube Atlético Carlos Renaux, estar competindo já é um grande passo. A camisa é pesada, e se pessoas sérias estiverem frente a administração, é possível que muitas novas boas histórias possam ser contadas no estádio Augusto Bauer.

Estreia do Vovô alterada

Pedido de adiamento partiu da FCF, que quer que confronto abra competição. Foto: CACR / Divulgação

Até o início desta semana, a data da partida entre Carlos Renaux e Porto estava marcada para o domingo, dia 2. Contudo, um pedido da Federação Catarinense de Futebol (FCF) antecipou a partida para o sábado. É que, pelo valor histórico do tricolor, a federação quer que este seja o confronto de abertura do Catarinense Série C. O horário do jogo permanece o mesmo, 15h. Reprograme-se!

Ingressos e camisas
Já estão disponíveis para venda os ingressos para a partida entre Carlos Renaux e Porto, tanto na secretaria do Clube, no estádio Augusto Bauer, quanto na loja Calçados Gevaerd ao preço único de R$ 10. Quem adquirir o ingresso receberá um número no ato da compra para concorrer a duas camisas oficiais do clube no dia do jogo – mas o torcedor tem que estar no estádio para concorrer. Também estarão disponíveis para venda no dia do jogo camisas do clube a R$ 70.

Retornos ao Bruscão
Chegam nesta quinta-feira, 30, os atletas emprestados pelo Brusque que disputaram a grande final do Catarinense Série B. Dois com a cabeça inchada, Wilson Junior e Safira, que estavam no Marcílio Dias, e um contente com o título, Jean Dias. O clube espera também a chegada de Lima, centroavante que estava no Santa Cruz, eliminado no fim de semana para o Operário (PR) na Série C do Brasileirão.

Veja também:
Projeto de dança movimenta corpo e mente dos alunos do CEI Noêmia Fialho I

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Polícia desmonta casa de jogos de azar em Blumenau

Novo amistoso
Após empate em jogo-treino com o Itajaí no último sábado, o Bruscão volta a fazer um amistoso, desta vez com o Blumenau, neste sábado, 1º. O confronto será às 9h30, no Centro de Treinamentos Rolf Erbe. Nesta partida, já contando com elenco mais recheado, será possível ter melhor ideia dos titulares para a Copa Santa Catarina.

Soelito nas Paralimpíadas de Pequim

Arquivo O Município

Há exatos dez anos, o atleta brusquense Soelito Gohr participava de mais uma edição das Paralimpíadas. O ciclista participou da edição em Pequim, na China, e conquistou um histórico quarto lugar na prova de perseguição da principal competição poliesportiva mundial para atletas com deficiência.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio