Escola de Guabiruba tem a única banda que toca sinos de mesa no Brasil

Grupo de tischglocken se apresentou no 1º Germano Licht Nacht nesta segunda-feira, 2 de dezembro

Escola de Guabiruba tem a única banda que toca sinos de mesa no Brasil

Grupo de tischglocken se apresentou no 1º Germano Licht Nacht nesta segunda-feira, 2 de dezembro

Nesta segunda-feira, 2 de dezembro, teve inicio o 1º Germano Licht Nacht, Noite de Luzes Germano, em alemão. O evento aconteceu na Escola Padre Germano Brandt, em Guabiruba e foi palco da primeira apresentação de uma banda de tischglocken no Brasil, que significa sinos de mesa.

A escola tem uma banda chamada Das Lebenslied (Canção de Vida), que, a partir de setembro, ganhou uma extensão chamada GlockenChor (Coral dos Sinos). A extensão é quem toca os tischglocken. O maestro da GlockenChor, Sidinei Ernane Baron, explica a diferença entre os sinos alemães e os usados no Brasil. “A diferença é que os sinos de mesa se toca com o badalo solto, virado para baixo. Os sinos usuais do Brasil têm um suporte de mola, onde se segura o instrumento e a boca fica virada para cima”. 

A banda Das Lebenslied, em conjunto com a GlockenChor, cantou a música Nun Freut ihr Christen. A diretora da escola, Fernanda Krempel Popper, contou que os tischglocken foram adquiridos graças à Secretaria de Educação de Guabiruba. “Mandamos um projeto para a secretaria e eles aprovaram”. 

O 1º Germano Licht Nacht teve 15 apresentações ao todo, alternando músicas e teatros de alunos de vários anos e contando com a presença do Papai Noel. O evento marcou o fim do ano letivo para aqueles que passaram direto, que tiveram o último dia de aula ontem. “A intenção é criar esse espírito natalino que surge nesta data. Uma época tão maravilhosa e que nos faz tão bem. Contando histórias de Natal e falando sobre o nascimento de Jesus Cristo”, conta a diretora.

>> Leia reportagem completa na edição de terça-feira, 3 de dezembro, do Jornal Município Dia a Dia

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio