Esporte e aventura na primeira etapa da Eco Race em Botuverá

A competição atraiu 51 atletas e competidor de Brusque subiu ao lugar mais alto do pódio

Esporte e aventura na primeira etapa da Eco Race em Botuverá

A competição atraiu 51 atletas e competidor de Brusque subiu ao lugar mais alto do pódio

A primeira etapa do circuito Eco Race, em Botuverá, foi realizada neste domingo, 23, no sítio Recanto Feliz. Depois de aproximadamente 40 quilômetros em meio a mata subidas, descidas íngremes, cascalho e rios, o brusquense Samuel Niels chegou em primeiro lugar na modalidade solo.

Niels, que veio embalado por outra competição no sábado em Ibirama, marcou o tempo de duas horas e quarenta e nove minutos de prova. O atleta compete há 16 anos, e tem como especialidade provas de mountain bike e ciclismo. “Para mim foi uma experiência. Não corro a pé, só de bike. Judiou muito, mas no final deu tudo certo”, avalia.



E, se o forte do primeiro colocado é a bike, para Felipe Hass Krahn, segundo lugar, o percurso a pé fez toda a diferença. O atleta de Pomerode revela que tentou abrir a diferença na parte de caminhada e corrida. “Fui bem conservador até a metade da prova. Tentei acompanhar os cinco primeiros colocados. Fui me sentindo bem durante o percurso e aumentando o ritmo. Acabei ultrapassando quatro e fiquei na marcação do primeiro colocado (Niels)”, diz. 

“A gente ficou se alternando na outra metade da competição: eu mais rápido na parte a pé e ele mais forte na parte de bike. Tentei abrir o máximo que pude nas partes a pé, mas como a última parte era uma subida forte de bicicleta, acabei perdendo na reta final””, completa.

Krahn chegou quatro minutos após o primeiro colocado. “Eu fiz o tempo que tinha planejado e estou bem feliz com isso. Infelizmente, apareceu um cara mais forte e eu não tive o que fazer”, brinca o atleta.

O brusquense Jeferson Prette chegou a ficar próximo da terceira colocação, mas sentiu dores no joelho e ficou com o quarto lugar ao marcar o tempo de três horas e quatro minutos. “Nos últimos quilômetros senti muito meu joelho que já estava machucado. Tive muitas câimbras”, lamenta.

Na modalidade dupla masculina, os irmãos Joelson e Jairo Cordeiro, chegaram em primeiro lugar com três horas e dez minutos de prova. “É a nossa primeira experiência. Nunca fizemos corrida de aventura, apenas andávamos de bicicleta. Foi uma experiência boa. Pretendemos continuar daqui para frente”, relata Joelson Cordeiro. Os três primeiros colocados em cada modalidade receberam troféus.

>Leia a matéria completa na edição impressa do MDD desta segunda-feira, 24 de junho.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio