Estabelecimentos de Brusque investem em alimentos sem glúten

Procura por produtos que não contenham a substância está cada vez maior na cidade

Estabelecimentos de Brusque investem em alimentos sem glúten

Procura por produtos que não contenham a substância está cada vez maior na cidade

Os alimentos sem glúten estão cada vez mais populares, por isso, nos últimos anos, muitos estabelecimentos em Brusque passaram a oferecer produtos voltados às pessoas que são intolerantes a esta substância ou para aqueles que, simplesmente, decidiram reduzir o consumo de glúten em sua rotina.

Há cerca de um ano, a Panificadora Tomasi percebeu que havia mercado neste segmento e investiu na Tomasi sem Glúten e Lactose. O espaço, próximo à padaria convencional, é pequeno, entretanto, registra grande movimento de brusquenses em busca de produtos sem glúten.

“Começamos na Tomasi convencional vendendo produtos sem glúten e lactose duas vezes por semana. As pessoas acabaram gostando e sempre pediam novos produtos. Aí surgiu a ideia de fazer a padaria exclusiva para esse público”, conta uma das funcionárias do espaço, Maria Cristina Pavesi.

Tomasi sem glúten e lactose atua em Brusque há um ano | Divulgação

No estabelecimento, não há a contaminação com nenhum produto que possa conter a substância, já que o foco principal são os intolerantes ao glúten. “Aqui o ambiente é totalmente livre de glúten, porque visamos, principalmente, os celíacos”.

De acordo com ela, grande parte dos produtos que existem na padaria convencional foram adaptados para a Tomasi sem Glúten e Lactose. “Conseguimos fazer pastel, coxinha, tudo sem glúten. O que o cliente possa imaginar, nós temos aqui, a diferença é que não é usado nada que contenha glúten”, explica.

Ela destaca ainda que no espaço nenhum produto têm conservantes, ou seja, tudo é fabricado no mesmo dia e, por isso, o tempo de validade dos produtos acaba sendo reduzido. “É tudo muito fresco e a cada dia aumentamos a variedade de produtos porque o número de clientes sempre aumenta, tanto os que são alérgicos quanto os que só querem cortar o glúten da dieta”.

Quem também aderiu há bastante tempo aos produtos sem glúten foi Panificadora Sassipan. A responsável pela criação e produção dos produtos do estabelecimento, Josiane Caetano Sassi, explica que a panificadora produz alimentos sem glúten, entretanto, como são feitos em ambiente onde circula trigo, não são indicados para os alérgicos. “Como fazemos no mesmo local, classificamos como produtos de baixo glúten, que é mais para o pessoal que não tem problema, só quer reduzir o consumo”.

Porém, a panificadora também oferece produtos totalmente sem glúten, que são encomendadas de uma cozinha especializada. “Temos muita procura por esses produtos e agora também começamos com almoço FIT, com massas sem glúten, pães de fermentação natural, bolos com biomassa de banana verde, cacau, castanha, que acabam substituindo o glúten”.

Distribuição estadual
A procura por alimentos sem glúten no município é tão grande que há cerca de três anos a engenheira química Carolina Pereira da Conceição viu a oportunidade de entrar neste mercado. “Minha mãe trabalhava em uma loja de produtos naturais e sempre comentava que os fornecedores não davam conta de atender os pedidos de pão sem glúten em Brusque, então, como já queria abrir meu próprio negócio, decidi investir nesta área”, conta.

A Carolitas Alimentos começou fabricando apenas pães na linha sem glúten para distribuição nos estabelecimentos de Brusque, porém, a procura foi tão grande, que logo a empresa brusquense conseguiu entrar no mercado de Balneário Camboriú e hoje, distribui também em Itajaí, Florianópolis, Joinville, Jaraguá do Sul e Gaspar.

No Carolitas Café há os mais variados produtos sem o glúten | Foto: Bárbara Sales

Atualmente, a fábrica produz uma média de seis mil pães e três mil bolos por mês na linha sem glúten. Além disso, a empresa também oferece diversas opções de salgados como pastel, coxinha, esfiha, sem a substância. “É um mercado que tem crescido muito, reflexo pela busca de uma vida mais saudável”.

Com o sucesso da Carolitas Alimentos, há um ano, Carolina e mais duas sócias investiram no Carolitas e Nutri Tice Café. O ambiente é focado em uma alimentação saudável e, além de produtos sem glúten, conta também com alimentos sem lactose, low carb e zero açúcar.

“Quem é alérgico procura bastante tanto o café quanto os nossos produtos, mas o nosso público hoje é quem procura por saúde. Não usamos nada frito, nada transgênico, mas nos preocupamos em deixar o alimento saudável e gostoso”.

Corte total do glúten pode ser prejudicial

A nutricionista Ariane Bruna Serpa explica que o glúten é um composto formado por duas proteínas, a gliadina e glutenina, e é encontrado naturalmente em alguns cereais, dando mais viscosidade e consistência elástica em alimentos como pães, bolos, e outros tipos de massas. “Por ser uma proteína, tem função construtora, porém, é uma proteína de difícil digestão”.

De acordo com a nutricionista, apesar de estar na ‘moda’, a retirada do glúten da alimentação só é recomendada em três casos específicos: quando a pessoa tem a doença celíaca, têm sensibilidade ao glúten com sintomas como inchaço, diarréia, gases, dores de cabeça, constipação, intestino irritável e cansaço que melhoram com a retirada da substância e para pessoas com o teste genético positivo para HLA-DQ2 e HLA-DQ8, já que nesse caso, a pessoa possui predisposição genética para a doença celíaca, porém, não necessariamente possui a doença.

“Não há necessidade de todas as pessoas retirarem o glúten. O que temos que entender é que ele está presente principalmente em pães, massas, bolos e farinhas. E sabemos que esses alimentos não são os mais indicados para consumo habitual, por serem mais inflamatórios e possuírem um índice glicêmico e carga glicêmica alta”.

Ariane ressalta que para uma alimentação saudável o ideal não é trocar um pão com glúten por um sem glúten ou uma tapioca, mas sim, intercalar raízes, tubérculos, grãos e sementes. “Alimentos sem glúten também podem passar processo de refinamento, eliminando parte de vitaminas, minerais, fibras e prejudicar a saúde. Pensando na saúde como um todo, a variedade alimentar é a melhor dieta que pode ser feita”.

Alimentos com glúten
Pães, massas, tortas, farinha para preparo de bolo, massas, biscoitos, pizzas, panquecas, nhoque, lasanha, salame, salsicha, alimentos empanados, waffles, cereais matinais, sopas prontas, cerveja, doces, molhos de soja, teriaki e alguns próprios para saladas.

 

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio