Estadualização da pavimentação da SC-420 deverá sair do papel

Segundo a Secretaria de Estado da Infraestrutura, decreto com a medida será publicado nos próximos dias

Estadualização da pavimentação da SC-420 deverá sair do papel

Segundo a Secretaria de Estado da Infraestrutura, decreto com a medida será publicado nos próximos dias

A Estrada Geral do Gaspar Alto, trecho que liga Guabiruba a Blumenau, deverá ser oficialmente estadualizada nos próximos dias e ser incorporada à SC-420. A informação é da Secretaria de Estado da Infraestrutura, que remeteu a documentação para a publicação no Diário Oficial do Estado nos próximos dias.

O asfaltamento do trecho da SC-420 conhecido como Estrada do Gaspar Alto é uma reivindicação de mais de 50 anos dos moradores que moram na região. A estadualização do trecho de 14 quilômetros que liga Guabiruba pela localidade da Pomerânia ao final da rua Brusque, em Blumenau, é o primeiro passo para que o barro e a poeira finalmente deixem de fazer parte da realidade dos moradores.

De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Infraestrutura, o secretário João Carlos Ecker assinou no dia 2 de fevereiro a autorização para que a via passe a ficar novamente sob jurisdição do estado. Agora, depende de um decreto da Casa Civil no Diário Oficial para que o trâmite seja concluído. Uma vez feito este procedimento, a Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Blumenau ou o Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) terão a incumbência de realizar a manutenção da rodovia. Atualmente, o Deinfra é o responsável por este trabalho, por causa da reforma que está sendo feita nas SDRs.

Segundo a assessora Patrícia Antunes, a rodovia já foi, inclusive, posta no Plano Rodoviário Estadual. “A inclusão no Plano Rodoviário significa que poderá e fará parte do planejamento de rodovias do estado, e que estará apta a receber melhorias e será de responsabilidade do Deinfra”, esclarece.

Ainda de acordo com a assessora, ainda não chegou até a secretaria qualquer projeto de duplicação para a SC-420, contudo, ela diz que “provavelmente, depois da estadualização, o próprio município e autoridades devem encaminhar pedidos” com suas solicitações. Matias Kohler adianta que o município não tem como bancar uma obra deste porte, exceto se receber ajudar do governo estadual.

Um dos municípios mais beneficiados com a estadualização e possível asfaltamento da rodovia é Guabiruba. O prefeito Matias Kohler ainda não foi comunicado oficialmente da medida. “Eu não estava sabendo, mas que notícia boa. Sem dúvida, a SC-420 é importante para a economia do município, e também para outras cidades do Vale do Rio Tijucas que precisam de ligação com o Alto Vale do Itajaí”, afirma. O governador Raimundo Colombo havia prometido ao prefeito a estadualização antes da campanha eleitoral do ano passado, na qual ele foi reeleito. O prazo inicial era que o setor jurídico do Deinfra terminasse a análise para a transformação em SC-420 do trecho municipal em agosto de 2014, mas somente agora ficou pronto.

Antes de iniciar este processo de estadualização, o Deinfra realizou um estudo de tráfego, que mostrou que diariamente passam pela SC-420 entre Guabiruba e Blumenau aproximadamente 730 veículos. A estimativa do órgão é que após o asfaltamento o fluxo suba para 2.741.
Desafio

O prefeito de Guabiruba afirma que estadualização da SC-420, se confirmada nos próximos dias, representa um desafio para a prefeitura, porque são necessárias várias obras de mobilidade urbana para desviar o fluxo de veículos – que deverá ser intenso – do Centro da cidade. Segundo Kohler, no ano passado o Plano Diretor foi revisado e incluído nele estas intervenções.

O chefe do Executivo diz que agora, mais do nunca, a administração município deve acelerar os processos para conseguir fazer o anel viário de Guabiruba, que desviará os veículos que não precisam entrar na cidade do Centro. Uma das alternativas é mandar para a rua São Pedro, via Lorena.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio