Estudantes do Senac realizam melhorias no CEI Círculo Bom Samaritano

Alunos do curso de Design de Interiores projetaram e executaram modificações em seis espaços da creche

Estudantes do Senac realizam melhorias no CEI Círculo Bom Samaritano

Alunos do curso de Design de Interiores projetaram e executaram modificações em seis espaços da creche

No decorrer de aproximadamente um ano, a turma de 16 alunos do curso técnico de Design de Interiores do Senac de Brusque projetou e executou melhorias em seis espaços do Centro de Educação Infantil (CEI) Círculo Bom Samaritano: três salas de aula, a sala dos professores, o banheiro das crianças e o refeitório. A entrega do espaço aconteceu nesta segunda-feira, 19.

Edson Corrêa, coordenador do curso, afirma que o Projeto Integrador, pelo qual a ação foi desenvolvida, é a oportunidade que os alunos têm de colocar em prática os conhecimentos teóricos e práticos que adquiriram durante o curso. “O curso técnico tem tanto a teoria quanto a prática, e a gente procura trazer sempre para a realidade do mercado de trabalho.”

A arquiteta Paola Tetzner, professora do curso, assumiu pela segunda vez a orientação do projeto. Para ela, essa disciplina é uma chance de os alunos desenvolverem um projeto e “colocarem a mão na massa, saindo da proposta no papel, tendo experiência de trabalhar com clientes e problemas reais”.

A proposta para a creche, explica a professora, foi muito interessante para os alunos, que ficaram em torno de um ano trabalhando no projeto, desde as visitas e conversas com quem utiliza o espaço até a execução das melhorias propostas.

“Ter que passar por essa realidade, ir lá pintar, fazer as modificações, foi uma experiência única. E para mim, como orientadora, foi desafiador. Nós estávamos trabalhando num espaço que não é nosso, é dos outros, então precisa dar certo. É um desafio lidar com os medos dos alunos e as dúvidas da creche, mas é gratificante ver o resultado”, afirma Tetzner.

Refeitório recebeu pintura nas paredes tanto na parte externa quanto na interna. | Foto: Natália Huf

A diretora do CEI, Viviane Sartori, concorda: “Foi bastante trabalho, mas o resultado faz valer a pena”. Os espaços da creche foram revitalizados e, segundo ela, enquanto as mudanças eram realizadas, as crianças já iam notando a diferença. Ela ressalta que as pinturas nas paredes deixaram a escola mais alegre e divertida para as crianças, e comemora a parceria com os alunos do curso. “Eles trabalharam muito, e se ajudavam bastante. Teve muito trabalho em equipe e isso foi muito importante”, diz.

Corrêa explica que, durante o curso, os alunos tiveram dois módulos, o de projeto e o de execução. Na primeira parte, desenvolveram a proposta e, na segunda, apresentaram-na ao CEI. “O Círculo Bom Samaritano nos recebeu muito bem, desde o primeiro momento em que apresentamos as ideias. O comentário que eu recebi da diretora foi que as mudanças foram pequenas, mas as melhorias já se fazem presentes no dia a dia da creche.”

A ideia de Projeto Integrador faz parte da base curricular nacional dos cursos técnicos de Design de Interiores do Senac e, em Brusque, não é a primeira vez que o curso realiza parcerias com a prefeitura. No ano passado, o projeto de melhorias foi destinado ao Lar dos Idosos. “Sempre no início do curso já se prevê esse projeto, envolvendo a comunidade”, explica Corrêa.

Reformas foram entregues por representantes do Senac à direção da escola | Foto: Marcelo Reis

Desenvolvimento do projeto
O trabalho de melhorias no espaço do CEI foi desenvolvido em etapas, como explica a arquiteta e professora Paola. Primeiro, foi preciso conhecer o espaço, conversar com os usuários – direção, professores, alunos e pais convivem ali. “Nosso cliente era grande, o público a ser agradado era grande.”

Após identificar as principais questões da creche, os alunos voltaram à sala de aula para desenvolver o projeto, a maquete 3D e a proposta, que teve que ser aprovada pelo CEI. Com as ideias aceitas e os ajustes feitos, precisaram, então, buscar doações de material. “Buscar empresas e pessoas parceiras não fácil, é uma situação até delicada, chegar nas lojas e pedir por doações. Mesmo com o apoio do Senac, não é simples encontrar quem ajude com material e mão de obra”, diz a professora.

As reformas e pinturas foram executadas pelos alunos no período noturno, depois das 18h, e a diretora acompanhou todo o trabalho. A professora Paola Tetzner diz que “alguns deles nunca fizeram isso, pintar, desenhar nas paredes, misturar as tintas e encontrar as cores certas”.

Banheiro das crianças agora tem a temática de “fundo do mar”. | Foto: Natália Huf

“E agora estamos na etapa de entrega. A recepção da creche sempre foi muito boa e tivemos um trabalho muito colaborativo. O CEI teve muita confiança para abrir seu espaço e permitir que fizéssemos nosso projeto. E os alunos fizeram um trabalho impecável”, afirma Tetzner.

Viviane Sartori comemora a parceria e acredita que mais instituições deveriam abrir seu espaço para que os alunos do curso realizem um projeto. “Foi a primeira vez que eles fizeram numa escola, mas foi um trabalho muito bem feito, e mudou muito o nosso ambiente.”

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio