Estufas de germinação incentivam agricultores em Botuverá

Município produzirá mudas de hortaliças, flores, frutas e árvores nativas com tecnologia norte-americana

Estufas de germinação incentivam agricultores em Botuverá

Município produzirá mudas de hortaliças, flores, frutas e árvores nativas com tecnologia norte-americana

Município produzirá mudas de hortaliças, flores, frutas e árvores nativas com tecnologia norte-americana

Com o objetivo de incentivar os agricultores de Botuverá a ter outras fontes de renda, a prefeitura implantou estufas de germinação para produção de mudas de hortaliças, flores, frutas e árvores nativas. O projeto iniciou no dia 25 do mês passado e atenderá escolas do município, equipe de jardinagem da Secretaria de Obras e a população.

 Estufas estão localizadas na área industrial da prefeitura / Foto: Prefeitura de Botuverá/Divulgação
Estufas estão localizadas na área industrial da prefeitura / Foto: Prefeitura de Botuverá/Divulgação

O prefeito José Luiz Colombi, o Nene, conta que em visita à Expoagro, em Santa Cruz do Sul (RS), em abril do ano passado, observou a produção de hortaliças com irrigação, e decidiu trazer o projeto para Botuverá. Ele diz que este modelo de estufa é único na região e que é feito com uma tecnologia norte-americana.

O prefeito explica que com este sistema, cada hortaliça recebe automaticamente, por meio da irrigação, o adubo necessário para se desenvolver. A água, captada pela própria estufa, também é reaproveitada. “Eu achei a ideia muito inovadora e por não termos no município, fomos em busca de providenciar”. Após amadurecer o projeto e ver a melhor maneira de viabilizá-lo, em dezembro do ano passado foi feita a licitação. O investimento de R$ 35 mil foi custeado pela prefeitura.

As estufas, situadas na área industrial da prefeitura, foram construídas numa área de 400 metros quadrados com um sistema de irrigação e fertirrigação automatizado, que facilita o trabalho de regar as mudas.

Nene afirma que dois funcionários da prefeitura serão responsáveis por produzir e manter as mudas. A quantidade exata e os legumes, flores, frutas e árvores nativas que serão cultivados ainda não foram definidos. O projeto é realizado pela Secretaria de Agricultura e conta com a supervisão do técnico da Epagri, Edgar Becker. “É um modelo único na nossa região e mostra para os agricultores que é possível ter outras fontes de renda. É mais uma opção que eles têm, e que se houver interesse, podem fazer nas suas propriedades e vender os produtos no mercado”.

A doação das hortaliças, flores e plantas será feita em frente à Secretaria de Agricultura, de acordo com a produção. Como o projeto é novo e ainda não se sabe o ciclo, não há uma previsão de quando serão entregues. Mais informações no 3359-1381.

Saiba mais

O uso de Estufas Agrícolas possibilita melhor desenvolvimento dos plantios, aumentando a produtividade, proporcionando maior número de colheitas ao ano e nas entre safras. Melhora a quantidade e qualidade dos produtos, independentemente das variações climáticas e contribuiu para a geração de renda das famílias.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio