Eurico e Serginho ficam com o bronze na seleção do Campeonato Catarinense

Atletas tiveram regularidade durante toda a competição e conseguiram destaque mesmo com rebaixamento do Bruscão

Eurico e Serginho ficam com o bronze na seleção do Campeonato Catarinense

Atletas tiveram regularidade durante toda a competição e conseguiram destaque mesmo com rebaixamento do Bruscão

O Campeonato Catarinense não terminou com boas lembranças para os jogadores e torcedores do Brusque FC. No entanto, mesmo com o time rebaixado, dois atletas conseguiram manter a regularidade durante toda a disputa e foram reconhecidos pelo desempenho na competição. 

O volante Eurico e o meia Serginho, que foram poupados pela torcida pela queda à Série B, foram os únicos atletas do clube a chegar à final do ‘Top da Bola’, que concede premiação aos melhores de cada posição do Campeonato Catarinense. 

GALERIA

Os atletas foram homenageados pela performance dentro de campo nesta segunda-feira (14), quando receberam o troféu de bronze em suas respectivas funções. A premiação ocorreu na sede da Assembleia Legislativa, em Florianópolis. Eurico foi escolhido como o terceiro melhor volante do campeonato ao lado de Eduardo Costa, do Avaí. A prata ficou com Éverton Cézar, do Metropolinato, e Serginho, Criciúma. O ouro foi para Marcos Assunção, do Figueirense, e Naldo, do Joinville.

Serginho dividiu o bronze com Dudu, do Figueirense. Os melhores meias do campeonato foram o avaiano Cleber Santana, e Marcelo Costa, do Joinville. O veterano Paulo Baier, do Criciúma, e o artilheiro do campeonato, Régis, da Chapecoense, acabaram com a prata. 

Outro brusquense também se destacou durante o evento. Este em razão do desempenho fora das quatro linhas. Rosnei Hoffmann Scherer foi o segundo melhor assistente de árbitro ao lado de Ângelo Rudimar Bechi. Kleber Lúcio Gil e e Nadine Schramm Câmara Bastos terminaram com o ouro. O melhor árbitro foi Heber Roberto Lopes. Durante o evento, a FCF premiou como juiz revelação Willian Machado Steffens, que esteve à frente do polêmico jogo entre Marcílio Dias e Atlético de Ibirama, que culminou com o rebaixamento do Brusque FC. Confira abaixo a lista completa dos premiados.

Melhor Goleiro: Rodolpho (Marcílio Dias), Tiago Volpi (Figueirense) e Ivan (JEC)
Melhor Lateral direito: Alessandro (Metropolitano), Bocão (Avaí) e Fabiano (Chapecoense)
Melhores Zagueiros: Rafael (JEC) e Nirley (Figueirense); Thiago Heleno (Figueirense) e Elton (Metropolitano), Bruno Costa (JEC) e Ronaldo Alves (Criciúma) 
Melhor Lateral esquerdo: Wellington Saci (JEC), Marquinhos Pedroso (Figueirense) e Marcio Careca (Marcílio Dias)
Melhores Volantes: Marcos Assunção (Figueirense) e Naldo (JEC); Everton Cezar (Metropolitano) e Serginho (Criciúma); Eduardo Costa (Avaí) e Eurico (Brusque)

Melhores Meias: Cleber Santana (Avaí) e Marcelo Costa (JEC), Paulo Baier (Criciúma) e Régis (Chapecoense); Dudu (Figueirense) e Serginho (Brusque)

Melhores Atacantes: Everton Santos (Figueirense) e Jael (JEC); Edgar Junior (JEC) e Schwenck (Marcílio Dias); Ricardo Bueno (Figueirense) e Jabá (Juventus)
Melhor Técnico: Vinicius Eutrópio (Figueirense), Hermerson Maria (JEC) e Pingo (Brusque/Avaí)
Melhor Preparador Físico: Toninho Oliveira (JEC), Marcos Seixas (Figueirense) e Edson Bello (Metropolitano)
Melhor Assistente de Árbitro: Kleber Lúcio Gil e Nadine Câmara Bastos (ouro), Rosnei Hoffman Scherer e Ângelo Rudimar Bechi (prata), Fernanda Colombo Uliana e Helton Nunes (bronze)
Melhor Árbitro: Héber Roberto Lopes (ouro), Braulio da Silva Machado (prata) e Leandro Messina Perrone (bronze)
Craque do Campeonato: Wellington Saci (JEC), Marcos Assunção (Figueirense) e Marcelo Costa (JEC)
Jogador Jovem Revelação: Marquinhos Pedroso (Figueirense), Bocão (Avaí), Anderson Lopes (Marcílio Dias)
Melhor Dirigente: Wilfredo Brillinger (Figueirense), Nereu Martinelli (JEC), Marcelo Jorge (Metropolitano) 
O ‘Top da Bola’
O projeto ‘Top da Bola’ é uma realização do Instituto Mapa com apoio da Federação Catarinense de Futebol e patrocínio da Associação dos Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina. A premiação oficial dos melhores jogadores é feita com base na média dos atletas considerando o desempenho em todas as rodadas do Catarinense. Jornalistas da imprensa escrita, falada e televisiva são os responsáveis por escolher os melhores a cada rodada. Os jogadores formam ao fim da competição a seleção do campeonato e recebem o troféu de ouro, prata e bronze conforme a sua colocação.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio