Evento discute experiências municipais na área da saúde

1ª Mostra Regional de Saúde Pública de Brusque acontece na Uniasselvi/Assevim

Evento discute experiências municipais na área da saúde

1ª Mostra Regional de Saúde Pública de Brusque acontece na Uniasselvi/Assevim

A 1ª Mostra Regional de Saúde Pública de Brusque, que tem o objetivo de promover a troca de experiências entre profissionais da área da saúde dos municípios de toda a região, teve sua abertura oficial realizada na noite desta terça-feira, 9 de abril, e segue com uma programação intensa de debates, apresentação, exposição de trabalhos e ainda oficinas, durante o dia 10 de abril, no auditório e corredores da Uniasselvi/Assevim, em Brusque.

O primeiro palestrante do evento, que fez sua explanação logo após a abertura nesta terça,  foi o odontólogo, docente da Univali, Me. Marcos Aurélio Maeyama, que trouxe para discussão a questão da construção das redes de atenção básica, trazendo à tona a nova forma de gestar e trabalhar a saúde pública, priorizando a prevenção. Neste ato a mediadora da mesa para as discussões foi a Tutora do Pet Saúde, enfermeira, doutora em filosofia e saúde e professora da Univali, Dr. Gladys Brodersen.

Para a secretária municipal de saúde, Maria Aparecida Morelli Belli, ver a Mostra realizada é a demonstração de que a experiência municipal deu certo e permitiu que o olhar sobre a saúde pública pudesse ser focado para mais municípios. “Acredito que hoje estamos mais maduros, aperfeiçoados, para possibilitar o fortalecimento de nossas equipes, e também dos municípios vizinhos, de maneira que nosso empenho e participação neste evento nos faça ter um olhar ao nosso próximo de forma diferenciada, qualificada, para muito mais do que tratar, promover saúde às pessoas”, enfatizou Cida Belli em sua fala.

O vice-prefeito e diretor-presidente do Samae, Evandro de Farias, relembrou ao público a importância que a saúde pública municipal tem para o poder público, pois os recursos e atenção investidos na área fizeram a diferença na vida das pessoas e ainda qualificaram o município diante dos índices de avaliação da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, Firjan, que apontam Brusque como a 2ª melhor cidade para se viver em Santa Catarina. “Aliados aos números de emprego e  renda e educação, os resultados obtidos com a saúde pública demonstram que estamos no caminho certo, as atitudes que estão sendo tomadas pela administração municipal melhoram a qualidade de vida das pessoas, e é assim que vamos continuar trabalhando”.



Fonte: Secretaria de Comunicação Social – Prefeitura de Brusque

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio