Conteúdo exclusivo para assinantes
Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Ex-prefeitos catarinenses são empregados na Assembleia Legislativa

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Ex-prefeitos catarinenses são empregados na Assembleia Legislativa

DESTAQUE: EMPREGO DE LUXO

Raul Sartori

Emprego de luxo
Não falta emprego para ex-prefeito de SC, principalmente os que deixaram o cargo mais recentemente, na maioria por terem perdido nas urnas. Não precisam recorrer jamais ao Sine. É que sempre tem um deputado estadual oferecendo uma sinecura em seu gabinete, na Assembleia Legislativa, com dispensa de ponto, por ser cargo comissionado. E quem paga eles é aquele otário de sempre.

Ninharia
O MP-SC mandou projeto de lei complementar para a Assembleia Legislativa que extingue, cria e transforma cargos na sua estrutura do órgão, visando a “economia de recursos”. Valor da economia anual de tais recursos? R$ 1 milhão.

Pais e filhos
Não se fala outra coisa nos andares de cima da sociedade estadual, uma vez que os nomes são conhecidos, embora o processo tenha transcorrido, e ainda segue, porque cabe recurso, em segredo de justiça, a incomum decisão do Tribunal de Justiça que condenou os pais de dois adolescentes ao pagamento de R$ 1 milhão de indenização a uma mulher que foi estuprada em 2010, quando tinha 13 anos, em Florianópolis. Na decisão, unânime, considerou-se a responsabilidade dos pais pela ação dos filhos, uma vez que o ato ocorreu no apartamento da mãe de um deles, após consumo de bebida alcoólica. Na esfera judicial, os dois, agora com mais de 21 anos, cumpriram medida socioeducativa de liberdade assistida por seis meses e outros seis meses de prestação de serviços à comunidade, com jornada semanal de oito horas.

 

Honra violada
O prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, cuja gestão vem causando tanta repercussão quanto explícitos ciúmes de correligionários e adversários diante de sua desenvoltura, não deixa sem resposta quem o acusa disso e daquilo, sem provas. Já há 12 processos tramitando na justiça local contra diferentes detratores, por calúnia e difamação. Entre eles alguns que não pensam escrever o que querem nas redes sociais.

Religião
Em julgamento que ainda não terminou, a maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal se inclina pelo ensino religioso não confessional nas escolas do Brasil. É o que se faz há anos em SC e que não tem sido motivo de questionamentos. Dentro de tal natureza, não se admite professores que atuam como representantes de confissões religiosas.

Fator de inclusão
A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da Câmara dos Deputados aprovou projeto do deputado Valdir Colatto (PMDB-SC) que prevê a concessão de desconto de 50% aos idosos nas taxas de renovação da carteira de motorista, que atualmente é de três anos. Outro projeto que passou na Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, com parecer favorável da deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC), isenta pessoa com deficiência de taxa para renovação da mesma carteira. Nos dois projetos se justifica que a isenção é fator de inclusão social.

Abusos
Se lê, vê e ouve que o transporte escolar em SC custa muito, e onde não é bom colabora para a evasão escolar. Pode ser. Mas há abusos. Este espaço tem visto bandos de estudantes em pontos esperando o ônibus escolar para levá-los à sua escola, distante a menos de 400 metros.

DNA
Nos argumentos da campanha Setembro Verde, de alerta à população sobre a alta incidência do câncer colorretal, consta a informação de que a maior incidência está entre catarinenses, paranaenses e gaúchos, semelhante à de países desenvolvidos. Decorem de inatividade física, tabagismo, ingestão de bebida alcoólica e consumo de carnes processadas (salsicha, presunto, linguiça, etc.).

Aladim
Há luz no fundo dos mares catarinenses: três pontos ao largo da Ilha de SC serão alvo de levantamentos batimétricos, que irão determinar, pelo calado, o tamanho de navios de turismo que Florianópolis pode receber. Mais: a Receita Federal está sinalizando que Porto Belo e Balneário Camboriú podem, finalmente, ter alfandegamento, sem o que os turistas estrangeiros tem circulação muito limitada.

Ingratidão
Gratidão e agradecimentos foram as principais palavras utilizadas nos discursos durante a solenidade de comemoração aos 10 anos de criação do Centro de Educação Superior do Alto Vale do Itajaí (Ceavi), da Udesc, em Ibirama, há dias. A instituição não comenta, mas tem sido rotineiro não receber nenhum gesto de gratidão de várias cidades onde está instalada há décadas. Pelo contrário, alguns políticos a tem usado com fins espúrios.

DETALHES
Está em alta a cotação da deputada federal catarinense Geovania de Sá no Congresso Nacional. Foi escolhida presidente de comissão mista para analisar a medida provisória 790/2017, que modifica o Código de Mineração.

Neste ano, pelo menos 21 cidades catarinenses vão ter ações da campanha Setembro Amarelo, promovida pela Associação Catarinense de Psiquiatria, para prevenir casos de suicídio e na promoção da valorização da vida.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio