Na área onde estão localizadas as fábricas antigas, a ideia é implantar o Museu da Indústria Têxtil, que teria o objetivo de recolher, abrigar, conservar, preservar e expor o patrimônio histórico, artístico e natural relacionado à indústria têxtil de Brusque.

O custo para implantação de um projeto desta envergadura requer bastante investimentos

Além de preservar o patrimônio de eventual demolição, o espaço também teria como finalidade proporcionar à população conhecimento da história da indústria têxtil; expor objetos, documentos, obras de artes que representem o patrimônio cultural do município e promover intercâmbio de informações, inclusive educacionais e científicas, no âmbito nacional e internacional.

Para viabilizar o museu, Rosemari Glatz destaca que poderiam ser captados recursos por meio de projetos e/ou do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). “É sabido a implantação de um projeto desta envergadura requer bastante investimentos”, salienta.

No museu, estariam expostos objetos e documentos que representam o patrimônio cultural do município | Arquivo O Município

Deixe uma resposta