Fábrica de Tecidos Carlos Renaux decreta falência

Informação foi dada nessa terça-feira, 02, pelo advogado da recuperação judicial da empresa, Gilson Sgrott

Fábrica de Tecidos Carlos Renaux decreta falência

Informação foi dada nessa terça-feira, 02, pelo advogado da recuperação judicial da empresa, Gilson Sgrott

A Fábrica de Tecidos Carlos Renaux decretou autofalência nessa terça-feira, 2 de julho, e as atividades devem ser encerradas na próxima semana. O advogado responsável pelo processo de recuperação judicial da fábrica, Gilson Sgrott, informou que não há mais condições financeiras de manter a empresa em funcionamento.

– A partir de segunda-feira, 8, a fábrica encerra as atividades. Isso será informado em juízo, e a justiça determinará o afastamento dos administradores. Eu, como administrador judicial, assumirei a gestão da empresa.

> Ouça a entrevista com o advogado Gilson Sgrott



De acordo com o advogado, após a fábrica decretar autofalência, a justiça vai analisar a situação da empresa, e ainda há possibilidade de manutenção de atividades.

– Como ocorreu com a Buettner, após a empresa efetuar o decreto de falência, pode ocorrer a continuidade dos negócios. Isso vai depender de uma análise: se a empresa é viável ou não. Caso a justiça considere impossível a continuidade, a empresa fechas as portas de vez.


>Leia mais na edição impressa dessa quarta-feira, 03 de julho, do Jornal Município Dia a Dia
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio