Falta de manutenção dificulta uso de equipamentos nas Academias de Todas as Idades de Brusque

Em alguns bairros, aparelhos estão completamente corroídos pela ferrugem

Falta de manutenção dificulta uso de equipamentos nas Academias de Todas as Idades de Brusque

Em alguns bairros, aparelhos estão completamente corroídos pela ferrugem

Implantadas pela Prefeitura de Brusque a partir de 2009, as Academias de Todas as Idades (ATI) estão presentes em 33 espaços públicos do município. Entretanto, nem todos estão com a manutenção em dia.

O Município Dia a Dia foi até alguns locais para conferir a situação das ATIs. À primeira vista, os aparelhos parecem estar bem conservados, no entanto, se a pessoa resolver se exercitar, logo percebe os problemas. O mais comum em todos os espaços visitados é a ferrugem: muitos equipamentos estão corroídos, o que pode gerar acidentes.

“Faz um tempo que percebi a situação dos equipamentos da praça Sesquicentenário. Na época, fui pessoalmente até a prefeitura e cobrei melhorias, mas passados meses da minha reclamação, continua a mesma coisa”, diz uma leitora que entrou em contato com o jornal, mas preferiu não se identificar.

Além da ferrugem, em alguns locais há equipamentos quebrados, o que também torna os espaços perigosos, principalmente para crianças e idosos que frequentam os locais.

A aposentada Eloni Bertoldi, 65 anos, moradora do bairro Limeira, utiliza os equipamentos pelo menos três vezes por semana. Para ela, o local poderia ser melhor conservado. “Eu sempre faço exercícios aqui, mas muitos equipamentos estão enferrujados ou então fazem muito barulho, estão gastos, precisam de um pouco de óleo”, diz.

Manutenção deve ser feita nos próximos meses

O diretor administrativo-financeiro da Secretaria da Saúde de Brusque, André Popelier, afirma que no início do ano foi montada uma equipe de manutenção na pasta para fazer o levantamento de tudo que precisa ser feito na área da saúde. “Estamos há dois meses à frente da prefeitura e pegamos tudo sucateado, então montamos essa equipe para resolver os problemas”, diz.

Segundo ele, a prioridade da equipe de manutenção foi resolver o problema dos veículos, e agora a equipe está trabalhando nas unidades de saúde, por isso, a manutenção das ATIs deve demorar mais um tempo para acontecer. “Ainda não tivemos tempo hábil para chegar em todos os problemas. Existe a preocupação com as academias, acredito que de dois a três meses isto estará encaminhado”, afirma.

O diretor ressalta também a responsabilidade da comunidade em manter os equipamentos em bom estado. “A população precisa dar a sua contrapartida, preservar o que é deles”.


Sobre as ATIs

As Academias para Todas as Idades (ATIs) são compostas por dez equipamentos que possibilitam a atividade física de cerca de 25 pessoas ao mesmo tempo.


23-02-17 Quinta - Julia.indd

23-02-17 Quinta - Julia.indd

23-02-17 Quinta - Julia.indd

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio